Olho D'água do Borges/RN -

Nome de Antonimar e Marceli cresce a cada dia, em Olho D'água do Borges

 

O nome do pré-candidato a prefeito de Olho D'água do Borges, Antonimar Amorim, e de sua vice, Marceli Fernandes, vem crescendo a cada dia que passa. Por onde você andar, seja na zona urbana como na zona rural, só se ouve o povo falar que está com Antonimar e Marceli.

Em suas atividades políticas recentes, o grupo de Antonimar e Marceli têm intensificado o diálogo, adotando uma linguagem de coalizão política, para enfrentar o sistema governista, e ambos os líderes do grupo, têm reiterado publicamente seus compromissos em atuar de forma unificada no bloco, que avança em direção à vitória, conforme reflete o cenário politico do momento.

Enquanto isso, no sistema governista, não está sendo fácil o engajamento do povão e até mesmo da própria base, em favor da candidata da prefeita Maria Helena, que vem apresentando um desempenho pífio nos levantamentos estatísticos para consumo interno, e que vem apontando um índice de rejeição altíssimo.

A falta de sintonia, a desconfiança, e a pressão nos servidores de cargos comissionados, e parceiros políticos é grande. A prefeita e seu grupo, vão ter muito trabalho para conquistar o apoio politico de boa parte das pessoas que atuam na gestão municipal, e da própria população, em torno desse projeto politico suicida, que começou errado e caminha para um final melancólico nunca visto na política local. Por onde eles passam só estão recebendo um NÃO da população. 

Elas estão colhendo agora, o que plantaram ao longo desses sete anos e quatro meses de gestão. Ou seja, quem planta flores, colhe flores. E quem planta espinho, colhe espinho. E é isso que elas plantaram, e é agora estão colhendo. 


Reajuste na conta de energia refletirá no preço dos produtos, apontam Federações

 

A conta de energia ficará mais cara no Rio Grande do Norte a partir de segunda-feira (22). O reajuste será de 8,14% para os consumidores residenciais da Neoenergia Cosern, que atende cerca de 1,58 milhão de unidades. Para os consumidores de alta tensão, como indústrias e empresas de grande porte, o aumento será de 7,05%, enquanto que para os pequenos negócios que se encaixam como consumidores de baixa tensão, o aumento será de 8,08%. O reajuste tarifário foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e deverá se refletir também no preço dos produtos e serviços e reduzir a competitividade das empresas.

É o que apontam as Federações da Indústria (Fiern) e do Comércio e Serviços (Fecomércio/RN). Roberto Serquiz, presidente da Fiern, relembra que, ainda que a variação tenha sido menor que o reajuste dos consumidores residenciais, o aumento para a indústria representa um desafio às empresas, visto que os gastos com energia elétrica podem superar os 44% dos custos de produção, segundo pesquisa da Confederação Nacional das Indústrias (CNI). “Assim, a competitividade das indústrias está ligada diretamente aos custos e qualidade do fornecimento de energia elétrica, e este aumento inevitavelmente será repassado aos valores finais dos produtos, pressionando ainda mais os consumidores”, declarou.

Serquiz relembra que um estudo da ABRACE (Associação dos Grandes Consumidores de Energia) apontou que 31% do preço final do pão é a energia; o leite sente um impacto ainda maior – 31,3% do preço final é energia. “Manteiga, queijo e iogurte, 26,2%; carnes e o leite – 33,3% do preço da gôndola é energia, concluindo que o peso da energia representa 23,1% do preço final da cesta básica”, completa.

Ele destaca que a energia consome, no RN, uma média de 13% da renda das famílias e que o aumento do reajuste acima da inflação representará para famílias uma real perda do poder de compra que poderá ser sentido, indiretamente, no comércio local.

Com isso, a Fecomércio/RN também se mostra preocupada com o aumento tarifário. O presidente da entidade, Marcelo Queiroz, ressaltou que mesmo se tratando de um aumento autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e que levou em conta diversos fatores envolvidos na operação, os setores de Comércio de Bens e Serviços sofrem em duas pontas. A começar pela perda do poder aquisitivo das famílias, que gera a queda no consumo.

 Veja mais aqui.

Recuperação de estradas do RN deve começar em junho, afirma SIN

 

O primeiro lote do programa estadual de recuperação das rodovias do Rio Grande do Norte, cujo prazo de execução é até o final do ano, conforme divulgado pela governadora Fátima Bezerra (PT), deve ter as obras iniciadas até o próximo mês de junho, segundo a Secretaria de Infraestrutura (SIN).

Ao todo, quase 800 quilômetros da malha estadual, em 33 trechos, serão recuperados. As vias que receberão as intervenções estão agrupadas em três lotes, com editais diferentes para cada um. Até o momento, no entanto, não há empresas vencedoras para nenhum deles.

A abertura de licitação do primeiro lote, que abrange nove trechos, ocorreu no dia 22 de março. Já para o lote 2, onde serão contemplados 10 trechos, a licitação foi aberta no dia 3 de abril. Para o terceiro lote, com 14 trechos, a abertura do processo licitatório ocorreu no último dia 9.

Há cerca de duas semanas, ao ser questionado sobre a estimativa de conclusão das obras, Gustavo Coelho, titular da SIN, disse à Tribuna do Norte que preferia não falar sobre prazos relacionados ao programa. Nesta quinta-feira (18), ao ser procurada, a pasta informou que, apesar de a licitação ainda não ter vencedores, os serviços referentes ao primeiro lote serão iniciados neste semestre.

Tribuna do Norte

 

Antonimar e Marceli participam de gravação do DVD do conterraneo Giannine Alencar em Natal

 

O pré-candidato a prefeito de Olho D’água do Borges, Antonimar Amorim e sua pré-candidata a vice-prefeita, Marceli Fernandes, participaram na noite de ontem na cidade de Natal, da gravação do DVD do Cantor olhodaguense, Giannni Alencar.

O evento aconteceu no largo da Praça Cívica, em Petrópolis, e foi considerado um dos maiores desse mês, onde reuniu grandes nomes da música potiguar, como um outro olhodaguense renomado e conhecido por esse Brasil a fora, o poeta Dorgival Dantas, Zezo, Rai Saia Rodada Walkiria Santos, e outros nomes que representam nosso forró.

Além de Antonimar e Marceli, outras lideranças e amigos do nosso município, como o ex-prefeito Jackson Queiroga, Ex-candidata a prefeita de deste município, Jadete Queiroga, vereadora Branca, vereador Marcel Morais, Murilo Almeida e esposa, Jalisson Almeida, Profª Margarida, Italo, Moises, entre outras dezenas de conterrâneos, que foram prestigiar esse grande evento, desse jovem e talentoso musico na nossa querida Olho D’água do Borges, que através de seu talento e perseverança está conseguindo vencer e fazer sucesso no mundo artístico.

Parabéns Giannine Alencar, que Deus abençoe você e que faça muito sucesso.


Walfredo Gurgel suspende refeições a servidores e acompanhantes de pacientes por falta de pagamento a fornecedores

 

O Hospital Walfredo Gurgel suspendeu parcialmente o fornecimento de refeições a servidores e acompanhantes de pacientes internados nesta quarta (17). A medida foi tomada após redução do abastecimento de mantimentos do hospital, provocada por atrasos nos pagamentos dos fornecedores do hospital. Servidores e acompanhantes não receberam, de forma integral, a alimentação do café da manhã e do almoço. Já no jantar foi possível retomar o fornecimento. A normalização completa é prevista para acontecer nesta quinta-feira (18).

A suspensão foi iniciada após recomendação da Divisão de Nutrição e Dietética (DND) do Hospital Walfredo Gurgel, encaminhada aos funcionários no início da terça-feira (16). Apesar de prejudicial para o funcionalismo público, a suspensão já era uma das medidas previstas pelos funcionários, que há semanas veem o abastecimento de medicamentos e materiais diminuírem dia após dia.

Ainda na terça-feira (16), a Secretaria de Saúde Pública do RN informou em nota que já estava em ação para que acontecesse a normalização da situação e que ela aconteceria em dois dias. A previsão do Walfredo é que novos mantimentos cheguem nesta quinta.

Segundo a nutricionista Ana Silvia Dantas, gerente geral da Divisão de Nutrição e Dietética (DND) do Hospital Walfredo Gurgel, a situação seria normalizada após acordo entre a Sesap e o fornecedor, normalizando então as suas entregas e, por consequência, a situação da suspensão das refeições. A coordenadora ainda explica que a situação se deu devido a problemas com o fornecedor de alimentos não perecíveis e proteínas, o que comprometeria as refeições dos pacientes caso as refeições continuassem sendo entregues no mesmo volume.

“Aqui, no hospital, o volume de refeições chega a quase 2.500 refeições por dia, incluindo pacientes, servidores e acompanhantes. Então, na hora que a gente faz uma associação dessa, a gente sabe muito bem o impacto financeiro e social que acontece para essa população (que precisa dessas refeições).” conclui a nutricionista.

A medida foi criticada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Saúde (Sindsáude), que, através da sua coordenadora Rosália Fernandes, informou que a suspensão é dada pela falta de pagamento dos fornecedores do hospital. O desabastecimento, segundo Rosália Fernandes, atinge também o material de limpeza e os medicamentos básicos. “A questão é falta de pagamento, entendeu? Está faltando um monte de coisas lá, faltando produtos, faltando álcool, faltando várias coisas. Está um caos. Falta até alguns tipos de seringas”, revela a coordenadora.

O perfil social dos familiares com parentes hospitalizados é uma grande preocupação por parte da coordenadora do Sindsaúde, que percebe estes como sendo os principais prejudicados pela suspensão. “A maioria das pessoas são do interior, um perfil de muita vulnerabilidade social, do ponto de vista financeiro”, disse a coordenadora do Sindsaúde, Rosália Fernades.

Tribuna do Norte 

 

Aneel aprova aumento da tarifa de energia elétrica no RN

 

Os consumidores residenciais do Rio Grande do Norte pagarão mais caro pela suas contas de energia a partir da próxima segunda-feira 22, após a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) ter autorizado o reajuste nas tarifas de energia no estado.

O reajuste tarifário será de 8,14% e impactará cerca de 1,58 milhão de residências atendidas pela Neoenergia Cosern. Além do RN, o estado de Sergipe também terá reajustes em suas tarifas elétricas.

Segundo a ANEEL, os principais motivos para esse aumento nos dois estados foram as despesas com encargos setoriais, custos de transmissão de energia e ajustes financeiros.

Para a agência, as mudanças nas tarifas refletem o cenário atual dos custos de energia e têm impacto direto nos bolsos dos consumidores residenciais desses estados. Em Sergipe, a distribuidora ESE (Energisa Sergipe Distribuidora de Energia S.A) terá um reajuste de 1,43%, afetando cerca de 870 mil residências.

Tarifa do Ceará terá redução

Já no estado do Ceará, os consumidores residenciais da distribuidora Enel CE (Enel Distribuição Ceará) receberão uma redução de 3,10% em suas tarifas. Essa medida beneficiará cerca de 3,9 milhões de unidades consumidoras em todos os 184 municípios do estado.

A ANEEL explicou que essa redução se deve, em grande parte, à substituição da aquisição de energia por contratação bilateral na modalidade de CCEAR (Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado), com um preço médio mais baixo.

Agora RN 

Policiais civis lotam galerias da ALRN para cobrar aprovação do auxílio-fardamento

 

Policiais civis do Rio Grande do Norte saíram em caminhada, nesta terça-feira (16), até a Assembleia Legislativa, para cobrar a aprovação do auxílio-fardamento.

Os policiais lotaram as galerias da casa legislativa e consideraram o resultado do movimento positivo, tendo os deputados acordado que a matéria será votada nesta quarta-feira (17).

Também nesta quarta, eles irão se reunir em frente à Governadoria, no Centro Administrativo, a partir das 8h.

“Realizamos um grande ato e houve um entendimento dos parlamentares presentes à sessão para dispensa de tramitação nas comissões, com o projeto sendo lido para a pauta de hoje. Conquistamos uma importante vitória, através da luta, mas, nesta quarta, estaremos novamente na Assembleia para acompanhar a votação”, comenta Djair Oliveira, vice-presidente do SINPOL-RN.

Além disso, os policiais civis deliberaram também por continuarem com a mobilização geral iniciada nesta segunda-feira (15). Dessa forma, as Diárias Operacionais seguem suspensas em todo o Estado.

“Vamos aguardar que o Governo do Estado nos chame para o diálogo e apresente alguma proposta sobre os demais pontos da pauta, como a resolução do CRI, que é alvo de uma demanda judicial, e a valorização dos Policiais Civis e Servidores da Sesed. Infelizmente, até o momento, não houve sinalização e, por isso, nossas categorias estão dispostas a intensificar a luta a partir dos próximos dias”, completa o presidente do Sinpol, Nilton Arruda.

 Mossoró hoje

Após 21 anos, professores da UFRN vão fazer greve por tempo indeterminado

 

Os professores da UFRN entrarão em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (22). A UFRN se junta a mais de 20 universidades em todo o País, que decidiram paralisar as atividades nesta semana. As greves indicam forte impasse entre a categoria dos professores universitários e o Governo Lula. Professores e servidores federais da educação exigem reajuste salarial, o que não vem sendo atendido pelo governo petista. Na UFRN, trata-se da primeira paralisação de professores por tempo indeterminado desde 2003, segundo informações do Adurn-Sindicato. A categoria chegou a fazer uma paralisação de uma semana, em 2016, ainda no Governo Temer. Não houve greves no Governo Bolsonaro, apenas paralisações que duraram um único dia.

A decisão veio após um plebiscito, onde 1.820 dos 2.396 docentes aptos a votar participaram. A consulta registrou 62,52% de votos favoráveis e 34,06% de votos contrários à deflagração da greve, com 3,40% de abstenções. O resultado foi formalizado em ata pela comissão responsável pelo plebiscito, na terça-feira (16). Em outras palavras, a proposta de greve venceu com folga aqueles que preferiram manter as atividades docentes. A métrica se repete em várias outras universidades e institutos federais do Brasil, onde a adesão às greves vem crescendo.

Para Oswaldo Negrão, presidente do Sindicato dos Docentes da UFRN (ADURN-Sindicato), a participação da categoria representa uma “vitória da democracia”. Negrão enfatizou que “o ADURN-Sindicato conduziu o indicativo, organizou o plebiscito e respeitou o voto de todos os professores da ativa. Durante todo o processo, privilegiamos a escuta da nossa base”, afirmou.

Os professores têm demandas em duas frentes. Em conjunto com os servidores públicos federais, buscam um reajuste salarial linear de 7,06% em 2024, 7,06% em 2025 e 7,06% em 2026, totalizando 22,8%. A demanda específica da categoria é a reestruturação das carreiras do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT). Na proposta de reestruturação, encaminhada pelo PROIFES-Federação, os reajustes propostos são de 9,39% em 2024, 6,82% em 2025 e 6,82% em 2026, totalizando 23,03%.

 Veja matéria completa aqui

Senado aprova PEC das drogas em primeiro turno. Foram 53 votos a favor e 9 contra

 

O Senado aprovou, nesta terça-feira (16), em primeiro turno, a PEC que criminaliza o porte de qualquer quantidade de drogas. Foram 53 votos a favor e 9 contra o texto. O texto ainda precisa ser votado em segundo turno. Apresentada pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, o texto reforça o que já está previsto na Lei de Drogas (Lei 11.343, de 2006), que determina penas para o porte e a posse de drogas para consumo pessoal. 

Segundo a proposta, deve ser observada a distinção entre o traficante e o usuário pelas circunstâncias fáticas do caso concreto, aplicando aos usuários penas alternativas à prisão e tratamento contra dependência.

Atualmente, a Lei nº 11.343, de 2006, conhecida como Lei das Drogas, estabelece que é crime vender, transportar ou fornecer drogas. A pena é de reclusão de cinco a 15 anos, além de multa. Adquirir, guardar, transportar ou cultivar drogas para consumo pessoal também é considerado crime pela lei atual, mas neste caso as penas previstas são advertência, medidas educativas e prestação de serviços à comunidade. A legislação não estabelece uma quantidade de entorpecentes que diferencie os dois delitos.

Ao justificar a apresentação da PEC, Rodrigo Pacheco argumenta que não há tráfico de drogas se não há interessados em adquiri-las. “O traficante de drogas aufere renda – e a utiliza para adquirir armamento e ampliar seu poder dentro de seu território – somente por meio da comercialização do produto, ou seja, por meio da venda a um usuário final”, diz.

As propostas de emenda à Constituição devem ser aprovadas em dois turnos de votação, precedidos de cinco e duas sessões de discussões em Plenário, respectivamente, para entrarem em vigor. Uma PEC é aprovada quando acatada por, no mínimo, três quintos dos senadores (49 votos), após dois turnos de deliberação.

Após aprovada no Senado, a proposta seguirá para a análise da Câmara dos Deputados. Para que a mudança seja incluída na Constituição, a PEC precisa ser aprovada nas duas Casas do Congresso.

 Veja matéria completa aqui.

Oposição de Apodi se une rumo às eleições municipais: Gyliard Oliveira e Agnaldo Fernandes caminham juntos

 

No tabuleiro político da cidade de Apodi (RN), as informações indicam movimentações distintas entre os grupos situacionistas e oposicionistas. Enquanto o sistema governista trabalha na composição de sua chapa, o bloco da oposição avança em direção à unidade.

Fontes locais afirmam que os dois principais nomes da oposição, Gyliard Oliveira do PSD e Agnaldo Fernandes do PT, têm intensificado o diálogo com o objetivo de cumprir os acordos estabelecidos no âmbito da coalizão oposicionista. Ambos os líderes têm reiterado publicamente seu compromisso em atuar de forma unificada no bloco de oposição. Em suas atividades políticas recentes, Gyliard e Agnaldo têm adotado uma linguagem convergente, enfatizando a atuação conjunta para enfrentar o sistema governista.

De acordo com a fonte, a expectativa é de que o anúncio oficial da união entre Gyliard e Agnaldo, rumo ao Palácio Francisco Pinto, esteja cada vez mais próximo, consolidando uma frente oposicionista robusta e determinada para as eleições municipais. A possível aliança representa um novo cenário político em Apodi, sinalizando um desafio substancial ao grupo no poder e promovendo discussões acerca das estratégias e propostas para o futuro da cidade.

 

Policiais civis do RN decidem suspender diárias operacionais e realizam ato nesta terça-feira

 

Durante mobilização geral deflagrada nesta segunda-feira (15), os policiais civis do RN decidiram pela suspensão das diárias operacionais nas delegacias de plantão. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança do Estado (Sinpol RN), a partir desta segunda-feira, nenhum agente ou escrivão realiza trabalho extraordinário.

A categoria, juntamente com os servidores da Sesed, seguirá em assembleia geral permanente. Nesta terça-feira (16), haverá um ato público saindo da sede do SINPOL-RN, na avenida Rio Branco, em direção à Assembleia Legislativa. O objetivo é cobrar dos deputados a aprovação do auxílio-fardamento dos policiais civis, um dos pontos da pauta de reivindicações.

“Em paralelo a esse ato, estamos aguardando um posicionamento do Governo do Estado em relação à pauta de resolução do CRI [antigo ADTS] e à pauta da valorização salarial. Por isso, seguiremos mobilizados e, nesta terça, vamos definir os próximos movimentos para continuidade da luta”, explica Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.

O presidente explicou também que, nesta segunda-feira, os policiais civis deliberaram que vão intensificar, ao longo desta semana, as ações para cobrar respeito por parte do Governo e o avanço concreto das negociações.

“Os passos de luta que os Policiais Civis e Servidores da Sesed vão dar dependerão das sinalizações do Executivo. Infelizmente, até agora, tivemos retrocessos nas negociações, inclusive, com descumprimento de acordos feitos anteriormente. Então, as categorias já ultrapassaram os limites da paciência e agora estão dispostas a ir até as últimas consequências para alcançar as merecidas vitórias”, finaliza.

 Tribuna do Norte

Campanha da Febre Aftosa 2024 foi antecipada para esta segunda-feira (15) e vai até dia 30 de abril.

 

A campanha de vacinação contra a febre aftosa de 2024 está oficialmente antecipada! A partir desta segunda-feira (15), já estamos mobilizando todas as ULSAVs e revendas autorizadas para iniciar a imunização dos bovinos e bubalinos de todas as idades.

A campanha 2024 é ainda mais importante para o Rio Grande do Norte, porque é a ÚLTIMA ETAPA antes da LIBERAÇÃO DA VACINA. Isso significa que, a partir do próximo ano, não haverá mais a necessidade da vacinação no estado. Mas, pra isso, é necessário cumprirmos a meta de vacinar acima de 90% de todo o rebanho.

Por isso, não deixe pra depois! Até o dia 30 de abril, é o RN vacinado contra a febre aftosa de uma vez por todas!

Bloqueio na BR-304 eleva preços e causa prejuízos ao setor produtivo

 

O bloqueio à BR-304, ocorrido no dia 31 de março, segue gerando impactos para os diversos setores da economia potiguar. De acordo com Maxwel Flor, presidente do Sindi-postos-RN, há informações de que pelo menos dois postos de combustíveis da região de Lajes, onde aconteceu a interdição, fecharam nos últimos dias. 

Outro impacto é a alta no preço dos produtos de hortifruti, segundo Gilvan Mikelyson, presidente da Associação dos Supermercados do RN (Assurn). Ele afirma que a situação na rodovia tem agravado o problema da produção de frutas e verduras, castigada pelas chuvas no Oeste potiguar.

As reclamações se juntam à principal queixa dos setores econômicos no momento: o aumento de custos do frete, provocado pela prolongamento dos trajetos que servem de rota alternativa ao bloqueio. No último dia 3, a construção de um desvio às margens da BR-304 foi iniciada para funcionar como passagem temporária dos veículos, enquanto a reconstrução da ponte sobre o Riacho Bom Fim, derrubada pela força das águas, não é concluída.

Enquanto isso não acontece, os efeitos podem ser sentidos na economia. Gilvan Mikelyson, presidente Assurn, disse que há uma preocupação muito grande em relação ao modo como alguns produtos vêm sendo afetados pelas fortes chuvas no Oeste do Estado. Isso porque, segundo ele, esta é a principal causa do aumento de preços observado nas prateleiras dos supermercados do estado, mas não é a única. “A gente ainda não consegue quantificar, mas produtos do hortifrutigranjeiro, como cebola, tomate, batata, cenoura e folhagens (coentro e alface) estão um absurdo de preço. As chuvas são o principal problema, mas o bloqueio na BR contribui, em menor grau, para os aumentos”, analisa Mikelyson.

Veja a matéria completa aqui.

Morre aos 75 anos o ex-deputado federal Betinho Rosado

 

Morreu na madrugada desta sexta-feira (12) o ex-deputado federal Carlos Alberto de Souza Rosado (Betinho Rosado), aos 75 anos. Betinho não resistiu a uma parada cardiorrespiratória, conforme comunicado divulgado pela família.

Ele estava internado desde o último dia 04, na UTI do Hospital Wilson Rosado, por causa de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico.

O velório começará às 9h, na capela Perpétuo Socorro, e o sepultamento ocorrerá às 16h, no cemitério São Sebastião, em Mossoró.

Biografia

Filho do ex-prefeito de Mossoró e ex-governador do Estado, Jerônimo Dix-Sept Rosado Maia, Betinho era formado em Agronomia e Economia, com mestrado em Economia Rural.

Foi professor da Esam, secretários de Trabalho e Ação Social do Rio Grande do Norte entre 1991 e 1994, no governo de José Agripino.

Em 1994, foi eleito deputado federal pelo PFL, sendo reeleito em 1998, 2002 e 2006 (sempre pelo PFL), e em 2010 pelo DEM


 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179