Olho D'água do Borges/RN -

Reflexão: Não troque o certo pelo duvidoso

Vinha um cão atravessando um rio com um pedaço de carne na boca quando olhou para dentro da água e viu, lá no fundo, um outro cão com um pedaço de carne maior que o seu.

Julgando-se muito esperto, largou a carne que trazia e foi agarrar a outra que avistara.

Mergulhou, procurou, procurou e nada. O espertalhão acabou ficando sem a carne que levava em sua boca e sem a que imaginava ter visto, que era apenas o reflexo da usa própria imagem.
Por isso, nunca troque o certo pelo duvidoso


Jucurutuense faz a festa com sangria de açudes

Os moradores da Comunidade Pedra do Navio área agora pertencente a zona urbana do município de Jucurutu fazem festa nesta sexta – feira santa (18/04) com sangria do açude de Maria Cambraia.
Segundo Vivânia Araújo funcionária da Secretaria de Assistência Social e moradora do Bairro Pedra do Navio a chuva da noite de ontem atingiu 27 mm o que fez as águas transbordarem abundantemente.
Fonte: Blog do Edilson Silva

Praça de alimentação do Midway Mall é evacuada devido a incêndio

As pessoas que estavam na praça de alimentação do Midway Mall durante o fim da tarde e início da noite desta sexta-feira (18) foram surpreendidas por um incêndio em um dos restaurantes do local. O fogo começou em um restaurante de comida oriental e a fumaça tomou conta do corredor de serviço, chegando também até as pessoas que estavam na praça. A área foi evacuada e o fogo controlado. Ninguém se feriu.

Fonte: Robson Pires

Depois da Operação Lava Jato chegar perto de Garibaldi Alves, José Wilde pede demissão do ministério

O assessor especial José Wilde, que trabalhava no gabinete do ministro da Previdência, Garibaldi Alves, pediu demissão na manhã desta quinta-feira (17). Segundo reportagem publicada pela revista “Veja”, com base em investigação da Polícia Federal, ele recebeu um repasse de R$ 20 mil da empresa M.O Consultoria, ligada ao doleiro Alberto Youssef – um dos alvos da Operação Lava Jato, que apura suposto esquema de lavagem de R$ 10 bilhões.

O doleiro está preso há quase um mês. Segundo relatórios da Polícia Federal, a M.O Consultoria foi criada por Youssef e movimentou R$ 90 milhões entre 2009 e 2013. Procurado pela reportagem da TV Globo, Wilde não retornou às ligações.

Na carta de demissão, Wilde negou ligação com a empresa. Disse que no fim de 2010, antes de ser nomeado assessor no Ministério da Previdência, prestou serviço de assessoria a uma empresa paulista que não está sendo investigada na operação. Ele não informou o nome da empresa e disse que não tinha como saber de “eventuais relações entre empresas, suas coligadas e outras companhias”.

Ele afirmou que as atividades eram prestadas de forma esporádica e legal. “Especialmente neste caso, em que prestei serviços lícitos, não sendo de meu dever pesquisar a origem de recursos que, também licitamente, me foram destinados”. Wilde concluiu a carta de demissão afirmando que sai para afastar o ministro de cobranças indevidas e para poder se defender.



O Brasil tem mais ministérios que EUA e Chile juntos

A promessa do presidenciável Aécio Neves (PSDB) de, eleito, reduzir o número de ministérios, faz lembrar que o Brasil tem mais ministérios que a soma de todos os que existem nos governos dos Estados Unidos e do Chile. 

Com 39 ministros sem autonomia nem metas a perseguir, o governo Dilma Rousseff sucumbe ao inchaço, com crescimento pífio da economia e estagnação no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Com 15 ministérios e cerca de 2 milhões de servidores, os americanos mantêm a maior potência do mundo funcionando sem inchar o governo.

Com 80% de aprovação, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, e seus 20 ministros comandam o país de melhor IDH da América Latina.


Conheça a origem da tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa

Na liturgia cristã, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo, três dias após sua crucificação. A data sempre cai em um domingo, mas as atividades começam na Quinta-feira Santa, com a cerimônia de lava-pés. O rito revive a última ceia, quando Jesus, de joelhos, lavou os pés de seus apóstolos. Além da humildade, o ato simboliza a purificação. 

Na Sexta-feira Santa, também conhecida como Sexta-feira da Paixão, Cristo foi condenado, carregou a cruz e foi crucificado. É dia de sacrifícios para os cristãos, em sinal de consternação pela morte de Jesus, e não se deve comer carne vermelha. Isto porque, na época, a carne era artigo de luxo, rara à mesa das pessoas mais pobres. O peixe, por outro lado, era abundante e barato, por isso comum nas refeições dos mais humildes. 

Mas comer peixe não significa só adotar a simplicidade, à espelho do que fez Jesus, o ato simboliza também uma penitência. Assim, não basta apenas comer frutos do mar, toda a refeição deve ser simples — além de ser à base de peixe — e deve-se evitar quaisquer outros prazeres no dia. Na liturgia, a Via Sacra é encenada, revivendo-se os 14 momentos da Paixão de Cristo.

No Sábado de Aleluia, os cristãos refletem sobre a morte de Jesus, e no domingo renovam suas esperanças celebrando a ressurreição de Cristo e a promessa da remissão dos pecados e da vida eterna. 

Cada dia da comemoração da semana santa faz referência a um acontecimento: o domingo de ramos refere-se à entrada do Rei, o Messias, na cidade de Jerusalém, para comemorar a páscoa judaica. Na segunda-feira seguinte foi o dia em que Maria ungiu Cristo; na terça-feira foi o dia em que a figueira foi amaldiçoada; a quarta-feira é conhecida como o dia das trevas; a quinta-feira foi a última ceia com seus apóstolos, mais conhecida como Sêder de Pessach. A sexta-feira foi o dia do seu sofrimento, sua crucificação. Sábado é conhecido como o dia da oração e do jejum, onde os cristãos choram pela morte de Jesus. E, finalmente, o domingo de páscoa, o dia em que ressuscitou e encheu a humanidade de esperança de vida eterna.

Alerta: Chuvas não recuperam níveis dos reservatórios no Rio Grande do Norte

O período chuvoso no semiárido nordestino deve acabar em meados de maio e, até lá, não terá sido suficiente para recuperar satisfatoriamente o nível dos reservatórios potiguares. Esta é uma  previsão da Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn) para os próximos meses. De acordo com o meteorologista do órgão, Gilmar Bristot, a agricultura tem se recuperado com as precipitações do início deste ano, que estão dentro da normalidade. Porém os gestores precisam se preparar para as dificuldades que serão causadas pelo baixo volume do líquido armazenado para o resto do ano.


“Ainda temos um mês de chuva pela frente. A regularidade delas aqui depende dos oceanos, que estão favoráveis. Mesmo assim está chovendo pouco. Dizer se vai ter recarga desses açudes é difícil e as autoridades precisam estar preparadas para enfrentar o resto do ano”, coloca. Para Bristot, seriam necessárias chuvas mais constantes e fortes para que o nível das barragens subisse. Nestes próximos dias, a previsão é de chuva, segundo a Emparn. Elas podem ser fortalecidas dependendo do comportamento de uma frente fria que está sobre o Estado de Minas Gerais, no Sudeste. 

Os açudes de grande porte  ainda estão em situação crítica. De acordo com os dados atualizados pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Denocs), a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Açu, está com 40,15% da sua capacidade total, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. Isso é bem mais que os 34,47¨% que o reservatório apresentava há pouco mais de 15 dias. Porém, no ano passado, em plena estiagem, o volume de água alcançava quase 47% da capacidade no mês de Abril. 

Em Caicó, o açude Itans está pior. Embora o volume de água do reservatório, nos 15 primeiros dias do mês, tenha passado de 8,3  milhões para 12.7 milhões de metros cúbicos, isso só representa 15,6% da capacidade do reservatório, que pode armazenar até 81.75 milhões de metros cúbicos de água.

Entre os reservatórios monitorados pelo Dnocs, o único que está cheio é o pequeno Açude Riacho da Cruz II, no Alto Oeste, cuja capacidade não alcança dos 10 milhões de metros cúbicos. A sangria foi na última semana e tem atraído até turismo. 

Meteorologia
Apesar de já ter chovido mais de 400 milímetros em 25 municípios potiguares, entre janeiro e abril, o quadro é ainda é preocupante. Em 128, choveu tão pouco que eles permanecem na classificação “muito seco”. Em 12 a situação é de “seco”, e em apenas um aparece com normal; é  Portalegre, no Alto Oeste, com 686,7 milímetros. 

Porém, para a segunda quinzena deste mês, é aguardada uma nova “janela de chuvas” trazida pelo fenômeno Oscilação 30-60 dias, que é a propagação de uma onda atmosférica ao longo da globo terrestre e no Equador, causando formação de nuvens.

Aos poucos, depois de passar pela maior estiagem dos últimos 50 anos, os agricultores e pecuaristas retomam a produção, ainda cheios de preocupação. No ramo de fruticultura irrigada, a situação é bem melhor que a registrada nos dois últimos anos, mas os produtores ressaltam que ainda há um quadro de incertezas. 

O volume de chuvas está acima dos registros em igual período de 2013, mas ainda são insuficientes para garantir as condições para uma boa safra. O pasto voltou a surgir e os pecuaristas se animam para recompor seus rebanhos. Porém os criadores têm preocupação com o nível dos reservatórios, o crédito e a assistência técnica no campo. Se as reservas não forem suficientes para os próximos meses, há risco de se perder os animais.

Fonte: Tribuna do Norte

Vereadores de Natal entram com ação inesperada para Wilma assumir Prefeitura ou renunciar

Pegou muita gente de surpresa o comunicado feito na tarde desta quarta-feira, na Câmara Municipal de Natal, sobre a viagem do prefeito Carlos Eduardo Alves, do PDT, para a Espanha. Com duração de 12 dias, a mensagem não trouxe qualquer informação sobre quem vai assumir a chefia do Executivo durante a excursão, “a trabalho”, de Carlos Eduardo. Fato que motivou uma ação que vereadores deverão ingressar na na Justiça Comum pedindo que a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, do PSB, se manifeste sobre o caso.

Isso porque, para alguns vereadores (notadamente os de oposição a administração municipal), a atitude do presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson, do PROS, foi omissa. Isso porque, ao ler a mensagem do prefeito comunicando a viagem de 12 dias, Albert não se pronunciou sobre quem assumirá o cargo. Inclusive, foi até questionado sobre isso pelo vereador Maurício Gurgel: “quem assume é o senhor ou Wilma?” Albert riu, baixou a cabeça e não respondeu.

“O imbróglio jurídico se baseia no artigo 50, parágrafo único, da Lei Orgânica do município. Em municípios maiores, como São Paulo, há um prazo mínimo, tipo: o vice-prefeito assume se o prefeito se afastar por mais de 10 dias. Aqui não existe isso. Fala só em afastamento. Ou seja: se o prefeito se afastar, qualquer afastamento, mesmo que só de um dia, já é o vice que assume”, explicou o advogado Pablo Pinto, que deve ingressar com uma ação na justiça comum pedindo que Wilma assuma ou renuncie ao mandato.

Vale lembrar que, apesar de ser direcionada para a vice-prefeita, a ação será extensiva, também, para o presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson. Ele terá que assumir a Prefeitura de Natal, renunciar ou se afastar do cargo de presidente. “Na verdade, houve uma omissão do presidente da Câmara, porque ao ler a mensagem do prefeito, ele deveria ter comunicado que a vice-prefeita assumiria ou então ela tivesse mandado uma mensagem, também, dizendo que não assumiria, porque é candidata”, analisou Pablo Pinto.

Além de Wilma de Faria e Albert Dickson, que são candidatos e, dessa forma, não poderiam assumir porque cairiam na Lei número 64 (Lei da Inelegibilidade), também estaria impossibilitado de chegar a chefia do Executivo o primeiro vice-presidente, o vereador Júlio Protásio, do PSB e líder da bancada do prefeito na Câmara. Ele, porém, passou por uma cirurgia e está 20 dias afastado do trabalho parlamentar, o que o tornaria incapaz, também, de trabalhar pelo Executivo. Portanto, o cargo sobraria para o primeiro secretário, Dickson Júnior, do PSDB.

“O que a ação que os vereadores Fernando Lucena (PT) e Maurício Gurgel estão ingressando na Justiça comum é, apenas, pedindo uma definição sobre quem ficará na Prefeitura de Natal durante esse período da viagem de Carlos Eduardo. A cadeira não pode ficar vaga. Temos tem greves acontecendo e a cidade não pode ficar sem um chefe no Executivo para responder e, até, negociar com essas categorias”, analisou o advogado.

Veja mais AQUI


Nova pesquisa Ibope aponta queda de 3 pontos de Dilma Rousseff

O jornalista José Roberto Toledo, do Estadão, mostra hoje, em seu espaço, a pesquisa Ibope onde a presidente Dilma Rousseff caiu 3 pontos na preferência do eleitorado. Na hipótese mais provável, que inclui pré-candidatos dos pequenos partidos, Dilma foi de 40%, em março, para 37% em abril. No cenário em que enfrenta só dois rivais, a intenção de voto da presidente caiu de 43% para 39%.

É a maior perda acumulada de eleitores da presidente desde que sua popularidade entrou em queda, no começo deste ano, segundo o Ibope.

No cenário mais provável, com os chamados nanicos, Dilma caiu de 40% em março para 37% agora. Aécio Neves (PSDB) oscilou de 13% para 14%. Eduardo Campos (PSB) segue com 6%, e o pastor Everaldo (PSC), passou de 3% para 2%. A soma dos demais pré-candidatos que era de 1% em março, agora dá 3%.

As maiores quedas de Dilma ocorreram entre eleitores jovens (perdeu 8 pontos entre quem tem de 25 a 34 anos), nas cidades médias (menos 11 pontos nos municípios entre 20 mil e 100 mil habitantes), na região Sul (menos 6 pontos) e nos eleitores não-cristãos (perdeu 7 pontos).

A pesquisa Ibope foi feita entre os dias 10 e 14 de abril, em 140 municípios de todas as regiões brasileiras. Foram feitas 2.002 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%. Ela foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número protocolo BR-00078/2014.


Justiça nega registro de candidatura para Larissa disputar Prefeitura de Mossoró

O juiz eleitoral Herval Sampaio Junior no início da tarde desta quinta-feira, 17, negou registro de candidatura de prefeita a deputada estadual Larissa Rosado, do PSB, pelo fato dela ter sido condenada por um colegiado de juízes no Tribunal Regional Eleitoral.

Diferentemente do que aconteceu com a candidata Claudia Regina, do DEM, na decisão contra Larissa do Rosado o juiz Herval Sampaio não determinou que ela se obstivesse de fazer campanha. Larissa poderá recorrer da decisão e continuar em campanha.

O advogado Marcos Lanuce, do PSB, confirmou que vai recorrer. Ele discorda da decisão do juiz Herval Sampaio.

Os demais candidatos a prefeito de Mossoró, no caso Silveira Junior, do PSD; Josué Oliveira, do PSDC; Cinquentinha; do PSOL; e Gutemberg Dias, do PC do B, para a Justiça Eleitoral, continuam no pleito.


Veja decisão AQUI

Candidato lamenta vício que contamina eleitorado

Estou fazendo minha campanha de forma simples, sincera e direta, com os pés no chão.

O comentário acima foi feito nesta quarta-feira (16), para o Blog, pelo geógrafo Gutemberg Dias (PCdoB), candidato a prefeito de Mossoró, no pleito suplementar definido para o dia 4 de maio.

Sua campanha, afirmou, não tem como ir além desse esforço pessoal e cívico, promovendo uma difícil catequese baseada no debate e busca de soluções para os grandes problemas do município.

Toma-lá-dá-cá
Mas ele, confessou: “É impressionante como a prática do toma-lá-dá-cá está impregnada no povo”. E acrescentou: “Falo, falo e depois tenho que ouvir de quem me escutava o que é costume de nossa política. Querem saber o que eu tenho a dar.

O povo não é culpado dessa relação perniciosa. Ele foi viciado por nossa elite política a receber pelo voto, a aplaudir e urrar em comícios, passeatas e carretas, em troca de emprego, tijolo, dinheiro, cimento etc.

Qualquer dúvida, é só ler um pouco o que temos nas dezenas de processos eleitorais relativos à campanha de 2012.
Lamentável.

Fonte: Carlos Santos


Reflexão

"Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos. Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma. Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente. Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado. E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade a suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas. Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe. Deve-se temê-lo mais que a um assassino."

Cicero tribuno romano(42 a.C)

Após reunião com autoridade politicas e policial, capacete permanece obrigatório em Umarizal; Capitã promete reforço no policiamento com o GTO.

Autoridades reunidas em sala fechada
Prefeito, vice-prefeito e vereadores do município de Umarizal se reuniram na manhã dessa terça-feira, 15, com o representantes das polícias militar e civil para tratar da violência que vem assolando a cidade nos últimos meses e buscar soluções para problemática. A reunião, planejada pelo prefeito Mano com o vice-prefeito Marcos Fernandes aconteceu em uma das salas da Câmara Municipal. Enquanto isso na plenária centenas de pessoas se aglomeraram esperando uma resposta da reunião, principalmente sobre o capacete, já que a maioria da população pede o fim do uso do equipamento.




“O capacete a gente não vai voltar atrás. É lei, diminuiu as mortes em acidentes e não tem o que voltar. Se é lei então vamos cumprir. Vamos incentivar a população a procurar o Detran e se legalizar”, disse Miriam.

A capitã aproveitou a oportunidade para agradecer ao prefeito Mano o interesse em buscar uma solução para falta de segurança no município. “Quero agradecer o interesse de Mano e do presidente do legislativo, Washington Sales, pois é notória a inciativa deles”.


Para a delegada da polícia civil de Umarizal, Liana Aragão, colocar a culpa do aumento da violência no capacete é um erro. “Um injustiça colocar culpa da criminalidade no capacete. Todos os municípios estão cumprindo e Umarizal não pode ficar de fora”, disse.

Também presente na reunião, o subtenente Monteiro falou da situação que o policiamento de Umarizal tem vivido com a falta de estrutura e de apoio do Governo do Estado. O militar contou que o pouco apoio que tem vem de entidades e da prefeitura. “Viatura tá funcionando porque a gente mandou consertar em Mossoró, mas falta a manutenção. Efetivo tá pouco e temos que cumprir uma escala onde tem que ter três policiais diariamente. A gente está trabalhando no limite. O prefeito vem ajudando no que pode”, relatou.


Após as autoridades policias se manifestarem foi a vez dos representantes do poder público do município entrar na discussão. O vice-prefeito Marcos Fernandes relacionou a aumento da violência em Umarizal com o uso do capacete e apesar de se declarar a favor da lei, pediu a capita uma tolerância.
“Capacete está prejudicando muito hoje, mas enquanto a situação do efetivo de Umarizal tivesse baixo eu pediria que se tirasse o capacete por um período de tempo, trinta, quarenta dias pelo menos. Depois a gente procuraria o comandante, quem quer que fosse pra resolver a situação da falta de policiais”, disse.

O vereador Bazoca também se manifestou a favor do fim da determinação da comandante do uso do capacete em Umarizal. O edil argumentou que o Governo do Estado não tem dado resposta nem respaldo para as policias trabalharem e com o capacete a criminalidade aumentou. “Aumentou muito o índice de violência. O meu medo agora é que a partir de agora comece a acontecer latrocínios”, declarou o vereador.

Bazoca ainda sugeriu que o capacete fosse usado pelo menos até às 17h30 e a noite os motociclistas estariam liberados da determinação, porém o pedido também não foi acatado pela capitã Miriam.
Presidente da câmara vereador Washington Sales

O vereador Washington Sales, presidente da câmara municipal de Umarizal, fez um balanço da violência na região administrada pela capita Miriam. De acordo com o vereador das 7 cidades, a única que está tendo problemas mais sérios com homicídios e outros crimes é Umarizal.

“Exigir o meu direito e não cumprir o seu dá uma indignação. Então se quer que a gente use capacete, é lei claro, a gente obedece e usa, mas que nos garanta segurança”, defendeu o edil.
Washington disse que a violência no município chegou a tal ponto que não está mais saindo de casa depois das seis da tarde. “Eu quero meu direito de liberdade, não só meu, mas de todo cidadão. Enquanto não cumprirem os meus direitos não temos como cumprir os nossos deveres”, completou.

O presidente da câmara, Washington pediu ao menos a permanência do GTO durante todo dia no município. O prefeito Mano assinalou que pode garantir a diária dos policias para que eles permaneçam mais tempo no município. O prefeito também convocou a capitã e os vereadores a irem a Natal cobrarem do Secretário de Segurança reforço para o policiamento de Umarizal.

Em resposta as cobranças dos parlamentares a capitã Miriam disse que irá reforçar o policiamento no município com o GTO. Segundo ela o grupo estava de férias, mas voltou na sexta e já está fazendo rondas todas as noites em Umarizal. 

A comandante porém, disse estar limitada quanto ao aumento no contingente de policias militares de Umarizal já que isso cabe a comandos superiores e ao próprio Governo do Estado.

“A próxima semana mesmo a gente pode marcar de irmos todos juntos até o comandante geral da PM e ao Secretário para buscar mais efetivo para Umarizal”, disse o prefeito.

A capitã prometeu ainda alocar mais um policial militar, que está acabando de se formar, para o município para reforçar o pelotão e prometeu se empenhar na missão de garantir mais segurança para o município.

Por Uzl em Fotos -  Retrato da Notícia

Lucena: “É mais fácil encontrar orelha de freira do que gente para votar em Henrique”

O vereador do PT Fernando Lucena questionou, na manhã desta quarta-feira, o plano de salvação do Rio Grande do Norte proposto pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pré-candidato do PMDB a governador do Estado. Lucena diz que o vice-governador Robinson Faria (PSD) está construindo ao lado do PT e da deputada federal Fátima Bezerra, pré-candidata ao Senado, um plano de governo para o Estado. “Estamos construindo um programa de governo com Robinson. Qual o plano de governo de Henrique? Dizer que vai salvar a desgraça que fizeram?”, questionou o vereador, na esteira da repercussão, ainda, do anúncio da chapa que terá Henrique disputando o governo ao lado da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB), concorrendo ao Senado.
Segundo o vereador, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) age acertadamente quando afirma que o estado vem sendo dilapidado há 40 anos, através dos sucessivos governos. “Não foi Rosalba que destruiu, mas os últimos 40 anos foram de destruição do Estado. Não dá para condenar Rosalba, dizer que o Estado está assim por culpa dela. Ela foi correta quando disse que encontrou o barco afundado. Desafundar é mais difícil. Sem programa de governo mais difícil ainda”, afirmou o vereador, afirmando que Henrique irá perder a eleição de governador. “Nós não vamos ganhar, Henrique vai perder”, declarou.
Veja mais AQUI

Ex-secretários do governo do PMDB são condenados por desvios no Programa do Leite

O Juiz de Direito da 5ª Vara Criminal da Comarca de Natal, Fábio Wellington Ataíde Alves, condenou dois ex-secretários estaduais da Ação Social e dois representantes da Cooperativa de Energia e Desenvolvimento Rural do Seridó (Cersel) à penas que variam de oito a quinze anos de reclusão, todos em regime fechado, além do pagamento de multas, em virtude de irregularidades na gestão do Programa do Leite denunciadas pelo Ministério Público Estadual.

Os réus foram condenados pela prática de crime de peculado, estelionato e dispensa ilegal de licitação. São eles:

  • Tertuliano Pinheiro - 8 anos e 4 meses de prisão
  • Joanete dos Santos - 11 anos, 1 mês e 10 dias de prisão
  • Lauro Gonçalves Bezerra - Teve a pena prescrita
  • José Mariano Neto -15 anos, 8 meses e 20 dias de prisão
  • Osmildo Fernandes - 15 anos, 8 meses e 20 dias de prisão

Denunciados pelo MP com base nos resultados da Comissão Especial de Auditoria, do Governo do Estado, e da Comissão Especial de Inquérito, no âmbito da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que registraram irregularidades na gestão do Programa do Leite.

O crime ocorreu no governo de Fernando Freire, do PMDB. De acordo com a denúncia do Ministério Público, não houve cadastramento de novos beneficiários nem aumento no mapa de distribuição de leite nos municípios. Apesar disso, no papel, a partir do mês de fevereiro de 2002, quando secretário Tertuliano Pinheiro autorizou a ampliação do programa mediante um documento “sem forma nem figura de juízo, até o final do mandato do ex-governador Fernando Freire, em dezembro de 2002”, a CERSEL faturou, e o Estado do RN pagou, através dos secretários denunciados, por uma quantidade de leite que não foi distribuída à população.

Do Blog; Por incrível que pareca, é justamente essa turma do PMDB, que nunca deixou de ser governo, e são responsáveis pelos desmandos e atraso econômico do nosso estado  nos últimos trinta anos, que estão propagando um "chapão de coalizão" para tirar o RN do atraso. Cuidado eleitor, não se deixe enganar mais uma vez com com essa gente. Fique de olho no acordão que só é bom para eles.



Presidente do TRE nega liminar e mantém Cláudia Regina fora da campanha

O direito da ex-prefeita Cláuida Regina, do DEM, poderia até ser bom – na visão da defesa dela. Contudo, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Amilcar Maia, negou liminar pleiteado por ela e a manteve sem o registro de candidatura e, também, proibida de fazer campanha em Mossoró.
Dessa forma, para Cláudia Regina, restará a análise do mérito do recurso, o que deverá ocorrer no TRE somente na próxima semana. Até lá, ela já terá perdido uma semana inteira na curta campanha eleitoral da eleição suplementar de Mossoró – são menos de 20 dias até o pleito.
Em contato com o portalnoar.com mais cedo, o advogado de Cláudia Regina, Olavo Hamilton, afirmou que a defesa da prefeita se baseava no desrespeito do juiz da 33ª zona eleitoral, Herval Sampaio, supostamente, teria cometido ao pedir um prazo de 72 horas para Cláudia Regina apresentar defesa e não os tradicionais cinco dias após a apresentação do pedido de impugnação.
Contudo, para o desembargador Amilcar Maia, a decisão não merece modificação por meio de liminar. “Com essas considerações, sem qualquer prejuízo de nova análise pelo Relator da medida, menos ainda pela Corte, quando do julgamento do mérito recursal, e à míngua do reconhecimento da relevância dos fundamentos trazidos, cuja cumulatividade com o perigo na demora é reclamada para concessão da tutela de urgência, indefiro a liminar”, afirmou Amilcar Maia na decisão.

Se anunciar Kátia Pinto como candidata a prefeita, Rosalba reconhece crimes eleitorais de 2012 e se complica no TSE


Sinuca de bico. É o que vive a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, DEM, diante da eliminação de sua "candidata laranja", Cláudia Regina, que foi rifada pela Justiça Eleitoral.

Se retirar Cláudia Regina da campanha, colocando Kátia Pinto, Rosalba complica sua própria situação jurírica.

Como está inelegível e só se mantém no cargo de governadora graças a uma liminar, exatamente, acusada de particar crimes eleitorais em benefício de Cláudia Regina, nas eleições de 2012, então, Rosalba assina em baixo o reconhecimento dos ilícitos eleitorais.

E isso deve contar no TSE na hora do julgamento do mérito do processo que cassa Rosalba.
Por isso, não será tão simples assim, descarta Cláudia Regina do processo.
Se Cláudia cair, leva Rosalba.

fonte: Carlos Skarlak

Meteorologia aponta chuva para o RN

Fortes áreas de instabilidade avançam do mar para o Nordeste devendo alcançar o Rio Grande do Norte no decorrer desta quarta-feira, 16 de abril. Há risco de chuva forte também em Natal. Pelas medições do Inmet, em 15 dias de abril Natal acumulou aproximadamente 80 mm de chuva, 30% da média normal para abril que fica em torno dos 265 mm.
As imagens de satélite mostram claramente o deslocamento destas nuvens carregadas que aparecem em cor vermelha.  Na imagem do radar meteorológico de Natal, operado pela Aeronáutica, a chuva moderada a forte já era visível às 21h10 desta terça-feira (00h10 de 16 de abril).
Fonte: Robson  Pires

Mossoró e a hora de substituições de nomes

Em Mossoró, a palavra é substituição. Hora do time reserva entrar em campo. Pelo que se vê, não será fácil, e por pura teimosia, já que o cenário de hoje, pela lógica e pela lei, era mais do que previsível.

Cláudia Regina e Larissa Rosado fora da disputa não surpreende, pois todos sabiam que a democrata e a pessebista seriam candidatas “por conta e risco”. Mais risco do que conta.

Taí o resultado. Claro que ainda deve haver recurso, o que pode não ter é tempo para que se consiga reformar decisões tomadas e confirmadas. A eleição suplementar de Mossoró será dia 4 de maio.

Quem vai ser a candidata democrata?
Rosalba Ciarlini?
Ou a secretária Kátia Pinto?
E pode???

Rosalba, assim como Cláudia e Larissa, é inelegível.

E quem vai substituir a  candidata Larissa Rosado?
Fala-se no vereador Lahyre Rosado, irmão de Larissa.
Ou no pai dos dois, Laíre Rosado.
Convém aguardar.



Congresso endurece punições do Código Nacional de Trânsito

O Congresso Nacional decidiu endurecer a punição para o motorista que causar grave acidente ao participar de “racha” no trânsito. E também para o condutor embriagado ou sob influência de outras drogas que provocar acidente que resultar em morte. O plenário da Câmara aprovou, nesta terça-feira (15), projeto de lei que prevê pena de cinco a dez anos de prisão para o condutor em caso de morte. Caso a vítima sofra lesão corporal grave, a punição será de três a seis anos de reclusão. O texto, que já havia sido aprovado pela própria Câmara e alterado pelo Senado, segue agora para sanção da presidenta Dilma.

Essas situações agravantes não estão previstas atualmente no Código de Trânsito Brasileiro e serão aplicadas mesmo se o motorista não tiver desejado o resultado nem assumido o risco de produzi-lo. O projeto aprovado também reforça a punição ao condutor embriagado ou drogado que provocar morte no trânsito mesmo sem a intenção de cometer o crime: a pena, nesse caso, será de dois a quatro anos de prisão.

A proposta aumenta a pena para os casos de racha em que não houver vítima. A pena, que hoje é de seis meses a dois anos de prisão, será de seis meses a três anos de reclusão.

Os deputados rejeitaram o substitutivo que havia sido aprovado pelos senadores e resgataram a versão que havia acolhida pela própria Casa, em abril do ano passado. O projeto é de autoria do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS).

Exame toxicológico
De acordo com o texto aprovado, o exame toxicológico passará a valer como meio de verificar se o condutor conduzia o veículo sob a influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. Pela Lei Seca, essa verificação pode ser feita com teste de alcoolemia, exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova admitidos em direito, observado o direito à contraprova.

A proposta aumenta em dez vezes as multas previstas para os casos de “racha”, “pega”, manobras perigosas, arrancadas e competições não autorizadas. Atualmente, elas variam de uma vez a cinco vezes. Havendo reincidência no período de 12 meses, a multa será aplicada em dobro. Conforme já prevê a legislação, o recolhimento do veículo e a suspensão do direito de dirigir continuam.

Ultrapassagem
Para ultrapassagem na contramão em situações perigosas, como curvas, faixas de pedestre, pontes ou túneis e nas faixas duplas contínuas, a multa passa a ser de cinco vezes, com aplicação do dobro na reincidência. O condutor que ultrapassar outro veículo pelo acostamento ou em interseções e passagens de nível terá multa equivalente a cinco vezes à normal. A falta, nesse caso, passará a ser considerada gravíssima.

No caso de ultrapassagem em pistas de duplo sentido, se o condutor forçar a passagem entre veículos, a multa será de dez vezes a atual, com aplicação em dobro na reincidência e suspensão do direito de dirigir.

Com informações da Agência Câmara


 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179