Olho D'água do Borges/RN -

Pagamento dos servidores estaduais começa nesta quinta-feira (31)

As secretarias estaduais de Planejamento e das Finanças (Seplan) e da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) divulgaram o calendário de pagamento dos salários dos servidores estaduais relativo ao mês de julho. Nesta quinta-feira (31) será creditado o pagamento de todos os servidores da Segurança, Saúde e Educação (inclusive UERN), bem como todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independentemente do valor do salário, que representam um total de 60.055 servidores;
Ainda na quinta-feira, a partir do meio-dia, recebem os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos – que somam 33.409 servidores. No dia 08 de agosto, sexta-feira, serão creditados os salários dos servidores ativos e inativos que recebem acima de R$ 2 mil líquidos – 9.377 servidores no total. 93.464 servidores receberão o pagamento dentro do mês, o que equivale a 91% da folha do Estado. Os outros 9% (9.377 servidores) receberão no dia 08 de agosto.
Fonte: Robson Pires
.


Robério: “Consult não tem credibilidade. Quem paga pesquisa determina o resultado”

Candidato do PSOL a governador, o professor Robério Paulino afirmou ontem, durante visita  à redação de O Jornal de Hoje, que a pesquisa Consult a ser veiculada nesta quarta-feira por uma emissora de rádio de Natal não tem credibilidade. Ele afirmou que irá, inclusive, questionar o levantamento junto ao Ministério Público Eleitoral, onde tramita uma representação dele contra a realização de pesquisas. “Nós temos várias pessoas e estamos preparando uma surpresinha para esses institutos, de pessoas que foram entrevistadas com fichas que não têm o nosso nome”, diz. Confira a entrevista.

confira a entrevista AQUI

Viçosa é o município do RN com menor número de eleitores

Com 1.686 eleitores, Viçosa é o município do Rio Grande do Norte com o menor número de pessoas aptas a votar nas eleições de 2014. A cidade fica na região Oeste do estado e é também a menor em número de habitantes, com 1.618 moradores. O Rio Grande do Norte, ao todo, tem 2.327.451 eleitores. O pleito deste ano, que acontece no dia 5 de outubro, elege governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputados federais, estaduais e distrital.

A cidade com o maior número de eleitores no RN é Natal que tem 506.053, o que representa 21,743% do total de eleitores do estado. O Rio Grande do Norte teve uma redução de 1,19% no número de eleitores em 2014 em relação a 2012. No Brasil são 142.822.046, sendo que 354.184 votam no exterior.

Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, 49 vão utilizar o sistema biométrico nas eleições deste ano. Em todo o país, mais de 22 milhões de eleitores serão identificados pelas digitais. No RN este número é de 1.116.495 eleitores.

Do G1-RN

Mossoró vive campanha com perfil municipal e familiar

campanha estadual, em Mossoró, parece mesmo uma disputa municipal. Quase não testemunhamos divulgação e mobilização em prol de candidaturas majoritárias.

As candidaturas com maior visibilidade são de mãe e filha, Sandra Rosado (PSB) e Larissa Rosado (PSB), que concorrem à reeleição à Câmara Federal e Assembleia Legislativa. São da Coligação União pela Mudança.

O mesmo acontece, em relação a marido e mulher, na mesma Coligação União pela Mudança, respectivamente Leonardo Nogueira (DEM) e ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB). Ele tenta reeleição à Assembleia Legislativa; ela procura primeiro mandato à Câmara Federal.

Dobradinha
Na Coligação Liderados pelo Povo, só se constata propaganda e campanha no corpo a corpo do ex-deputado estadual Francisco José (PSD), filho do prefeito Francisco José Júnior (PSD).  Esse, parece candidato à chapa majoritária. Nas propagandas, quase nada o vincula à sua “dobradinha” com Fábio Faria (PSD) à Câmara Federal.

O deputado federal Betinho Rosado (PP) faz algumas escaramuças, mas num trabalho ainda muito imberbe.
Enfim, os candidatos majoritários parecem “banidos” da cidade.


Fonte: Carlos Santos 

Municípios potiguares serão beneficiados com mais de 9.200 cisternas

Estiveram reunidos, nesta terça-feira (29), no auditório da pasta de Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), a secretária-adjunta da Sethas, Paula Valéria, técnicos das coordenadorias do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) e do Desenvolvimento Social (Codes/Sethas), além dos representantes das entidades executoras do Programa Cisternas RN – 1ª e 2ª água. nO encontro foi promovido para que as coordenadorias e os parceiros discutissem e analisassem os últimos detalhes antes das execuções das obras nos 82 municípios que serão beneficiados com mais de 9.200 reservatórios de água.
Na ocasião, também foi apresentada às empresas, a equipe da Sethas que ficará responsável por fiscalizar a construção das cisternas nas localidades determinadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).     Nessa nova etapa, o Programa vai construir 9.206 cisternas, divididas entre reservatórios de água para consumo (1ª água) e para produção e criação de animais (2ª água), em 82 municípios do Estado, totalizando um investimento de mais de R$ 43 milhões.

A união em "defesa dos interesses do Estado"

Muito se fala em relação a união da classe política em defesa dos interesses do Estado. Balela. Em geral, político só se une para defender seus interesses; a união é em torno de suas conveniências. E, geralmente, quem perde é a população.

VERDADE
Quando os políticos estão todos unidos, no mesmo palanque, a população fica sem conhecimento das falcatruas de cada um, das armações, da roubalheira. Quando estão separados, brigando pelos seus interesses, o povo toma conhecimento da sujeira que havia embaixo dos luxuosos tapetes. A maior vítima da união dos políticos é a verdade, que é escondida com veemência e cede lugar de destaque à hipocrisia, para a encenação do grande teatro, em que o eleitor é o alvo das enganações.

PERIGO
O maior medo dos políticos é da língua da ex-mulher; em seguida, vem o ex-amigo; depois, o ex-funcionário. Quando está casado, até depoimento da esposa o político gosta de usar; quando separa e a mulher fica insatisfeita com a ‘divisão’, quem ganha é o povo, que fica sabendo realmente quem é o bandido que se travestia de defensor da população. Assim ocorre também com os demais ex, que passam a falar verdades a respeito da figura.

Da coluna Tulio Lemos


Betinho Rosado diz em Mossoró que Rosalba vai participar da campanha


O deputado federal Betinho Rosado, candidato à reeleição, reuniu eleitores em Mossoró nesta terça-feira e anunciou que a governadora Rosalba Ciarlini vai se integrar à campanha.

Na qualidade de maior eleitora de Mossoró, Rosalba vai participar.

Betinho só não esclareceu se a participação da governadora será somente para pedir votos para ele – o cunhado – ou se incluirá uma chapa completa.

O fato é que, segundo Betinho, Rosalba, que “teve tolhido seu direito, legítimo, de defender sua administração e tentar renovar seu mandato”, irá se integrar à luta.

Fonte: Thaisa Galvão

Lei anticorrupção: aprovada mas não pega ninguém

Em vigor há seis meses, a lei federal que pune empresas por atos de corrupção não foi regulamentada até hoje.

Sem essa regulamentação, e com pouco tempo de vigência, a chamada Lei Anticorrupção ainda não “pegou”: Levantamento do GLOBO nos Ministérios Públicos Federal e estaduais, na Procuradoria Geral da República e na Controladoria Geral da União (CGU) mostrou baixo número de investigações baseadas na nova legislação, e ainda nenhuma punição.

Fonte: Robson Pires.

Do Blog: Esse é o País das "leis"!!!
Quem serão os possíveis penalizado por esta lei? são justamente as pessoas que a fazem, por isso que ele não funciona.

Lançamento da candidatura de Carlos Augusto MaiaF

Fatima Bezerra, Carlos Augusto e Fabio Dantas
Aconteceu domingo(27/07/2014), em Parnamirim/RN o lançamento oficial da candidatura à deputado estadual do vereador Carlos Augusto Maia. A cidade escolhida para o evento mostra que confia no trabalho de Carlos, pois isso já foi testado e aprovado nas urnas do município.


Foi uma grande festa, com a presença da futura Senadora Fátima Bezerra e do Vice Governador Fábio Dantas, representando o futuro Governador Robinson Farias. A população da cidade também se fez presente, ajudando a somar ao sucesso do evento.


Ressaltamos ainda a confirmação de apoio e confiança do Vereador de Parnamirim, Gustavo Negócio, do seu pai e Ex-Prefeito de Parnamirim, Raimundo Marciano, junto à Dona Tânia, do Ex-Deputado Estadual Marciano Junior, e de toda sua família, que se soma ao apoio forte do Vereador Ricardo Gurgel, e de seu grupo político.

Fonte: Almino Afonso Informa

Justiça rejeita pedido de Betinho Rosado para ser excluído de lista de inelegíveis

O deputado federal Betinho Rosado (PP) teve rejeitada três liminares pela Justiça estadual e se complicou para conseguir ser candidato à reeleição. O parlamentar figura na lista de condenados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), fato que o torna inelegível. Um quarto pedido deverá ser apreciado.
Em julho de 2013, o TCE concluiu que houve “vícios insanáveis” na Secretaria Estadual de Educação quando o parlamentar foi titular da pasta. O impedimento levou o Ministério Público Eleitoral a requerer a impugnação do registro de candidatura.
Ao nega as liminares, a Justiça observou que não há razões plausíveis para anular a condenação do TCE. Às decisões, cabe recurso.
Já na Justiça Eleitoral, o deputado enfrenta outro problema, que pode comprometer seu atual mandato: ele é alvo de ação por ter deixado o Democratas e assumido o PP sem justificativa para a troca de partido.
Fonte: Portal no Ar

Peemedebista mais henriquista de Mossoró, Izabel Montenegro decidiu votar em Fátima para o Senado

Ex-presidente do PMDB de Mossoró, a vereadora Izabel Montenegro, de tão bacurau que é, chega a representar a camisa verde do deputado Henrique Alves (PMDB) em Mossoró.

Mas…Izabel perdeu o comando do partido para a ex-prefeita e ex-democrata Fafá Rosado, que se aliou a Henrique e em troca ganhou a presidência do PMDB – tirada de Izabel – e o apoio para ser candidata à deputada federal.

Hoje Izabel deu um grito de liberdade. Apesar de saber que 'seu governador' trabalha o voto casado com o PSB para o Senado, Izabel anunciou que vota para senadora na deputada Fátima Bezerra, do PT. Adversária do PMDB e Adversaria de Henrique.

Fonte: Thaisa Galvão


Jardim de Piranhas: Mais um prefeito do PSD poderá trocar Robinson por Henrique

Não está descartada a possibilidade do prefeito de Jardim de Piranhas, Elídio Queiroz,(PSD) trocar o apoio a candidatura de Robinson Faria para passar a apoiar a candidatura de Henrique Eduardo Alves. Quem está costurando as conversas é o deputado estadual Nelter Queiroz de quem elídio é eleitor. 
Fonte: Robson Pires

Wilma prestou depoimento na Justiça Eleitoral

“A gente tem que confiar na Justiça. Nós ouvimos o Ministério Público, que é o fiscal da lei, e foi pelo indeferimento da impugnação. Acho que a gente tem que ganhar a eleição nas urnas e não no tapetão”, afirmou a ex-governadora após o depoimento, se mostrando tão tranquila que até “quebrou” o protocolo e aceitou falar com a imprensa que estava no local.
“Não fui comunicada nem formal, nem informalmente da viagem do prefeito e não fiz nenhum ato como prefeita. Isso está bem claro pela própria Prefeitura, pela Procuradoria e tudo mais. Não há nenhum ato meu assumindo o Executivo e nem ato meu no cargo. Foi isso que eu disse aqui no depoimento e é isso que estou reafirmando”, foi as declarações da candidata ao senado pelo acordão, Wilma de Faria no depoimento prestado hoje na Justiça Eleitoral..
Fonte: Blog do Primo

Nelter leva prefeito do PSD para votar em Henrique

O prefeito de Paraú, Antônio de Narciso (PSD), é mais um a anunciar apoio ao projeto político do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), chegar ao Governo do Estado.
A articulação foi feita pelo deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB), mas o prefeito ressalta o potencial de Henrique para ajudar ao Estado: “Henrique é o nome capaz de fazer o Rio Grande do Norte voltar ao caminho correto”.
O vice-prefeito Chico de Assis (PR), também anunciou apoio ao governadorável do PMDB, bem como a senadorável Wilma de Faria (PSB).
fonte: Blog do Heitor Gregorio

Candidatos ‘pesados’; campanha fria

É incrível como a campanha eleitoral não consegue empolgar o eleitor potiguar até aqui. Há um clima frio, distante, de completo desinteresse. Nos maiores colégios eleitorais, como Natal, Mossoró e Parnamirim, o cidadão-eleitor sequer tem se manifestado, principalmente com relação à disputa majoritária.
E olhe que os candidatos já cumprem agenda intensa.
Henrique Alves (PMDB) e Wilma de Faria (PSB), da coligação “União pela Mudança”; e Robinson Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT), da “Liderados pelo Povo”, têm se esforçado para ver a máquina eleitoral engrenar, porém, sem resultado satisfatório. O desinteresse do eleitor pode ser explicado no perfil dos próprios candidatos.
Henrique e Robinson, que disputam o Governo do Estado, são políticos de elite, distantes do povão, sem empatia.
Wilma e Fátima, que lutam pelo Senado, têm dificuldades diferentes.
Wilma é popular, porém o histórico de corrupção na sua gestão de governadora (10 escândalos em oito anos) deixa o povo desconfiado e na defensiva em relação a possível apoio. Já foi assim nas eleições de 2010, quando ela perdeu para os senadores Garibaldi Filho (PMDB) e José Agripino (DEM) e ainda ficou atrás dos votos brancos e nulos, numa prova incontestável de reprovação popular.
No caso de Fátima, que é um nome novo em disputa ao Senado, poderia fazer a diferença, mas, até aqui, não consegue empolgar. A petista não tem o perfil popular, embora na última disputa eleitoral conseguiu mais de 200 mil votos à Câmara dos Deputados.
Temos, portanto, um quarteto estático, sem habilidade suficiente para mexer com a emoção do eleitor. É preciso ressaltar, também, que as campanhas eleitorais têm, a cada edição, perdido o lado emocional, muito por conta das novas regras proibitivas, que eliminaram a camiseta, o boné, o chaveiro, o showmício, entre outras ferramentas populares.
Portanto, esse é quadro hoje. No entanto, deve ser alterado na medida em que a campanha eleitoral avançar em toda a sua estrutura e meios. Vamos ter as carreatas e passeatas e a série de programas eleitorais no rádio e na televisão. Daí, o eleitor deverá acordar para a campanha.
Além do mais, as opções são essas mesmas e o cidadão detentor do título eleitoral terá de optar por um ou outro.
No entanto, é improvável que teremos uma campanha memorável, de grandes emoções, mexendo com o sentimento do povo. Os nomes que estão aí, de longe, são capazes de mobilizar multidões e suas paixões.
Imagine se o voto não fosse obrigatório.
Fonte: Carlos Santos

Airene Paiva:De origem humilde


Tabelião airene Paiva
Eu tenho origem humilde, das barrancas do sertão potiguar, do sítio timbaúba, do limite entre Várzea da Caatinga e Olho D'água dos Borges. Na vida andei por muitos lugares para conquistar, com estudo e dedicação as coisas necessárias para um bom viver. Não passei por cima de ninguém para isto. Sou de família política e para mim política é feita com diálogo, disputas, vitórias e derrotas. Sempre respeitei as pessoas nas contendas e não sou adepto do quanto pior melhor. Não troco amizades por política, como também não crio inimizades por ela. Devo ter sempre a humildade de reconhecer meus erros e aceitar as críticas, para dela tirar maiores ensinamentos! Se não faço o bem, o mal tento evitar.

Airene Paiva

Fonte: Almino Afonso Informa


Henrique recebe o apoio de cinco prefeitos do DEM

Cinco prefeitos do partido Democratas anunciaram neste domingo (27) o apoio à candidatura de Henrique Alves ao Governo do Estado. Mano Onofre, de Umarizal, Ciro Bezerra, de Itaú, Noeide Sabino, de Equador, Esdras Farias, de Jaçanã, e Tadeu Nunes, de Luís Gomes, fizeram. O anúncio na presença do senador José Agripino (DEM) e do deputado federal Felipe Maia (DEM), candidato à reeleição.
Para Henrique Alves, os apoios representam o sentimento de união que a sua candidatura vem despertando em todas as regiões do Rio Grande do Norte. “Agradeço os apoios e neles consigo perceber que o nosso projeto, a nossa candidatura, vem despertando um sentimento de união crescente em todo o Estado”, disse.
Fonte: Robson Pires

Robinson e Fátima recebem apoio da oposição em Bom Jesus


Em visita a Bom Jesus,os candidatos da coligação “Liderados pelo Povo”, Robinson Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT) foram recepcionados por lideranças da oposição na cidade.
Eles estiveram na feira livre de Bom Jesus e receberam o apoio do líder da oposição, Dr. Jasso Santos, do PR. Também presentes o prefeito Naldinho (PSD), de São Paulo do Potengi, ex-prefeito e ex-vice de São Tomé, Babá e Miguel. Fotos: Divulgação.
Fonte: Marcos Dantas

Em Umarizal Néo, Rogerio e Mano estarão em um só palanque



Foi confirmado que o prefeito Mano Onofre fechou ontem com o Deputado Federal Henrique Alves, para o Governo do estado nas eleições 2014. 

No mesmo palanque já estavam os ex-prefeitos Néo e Rogério, além do apoio incondicional do Vereador Érico Onofre(PMDB), o qual é primo do prefeito Mano, e sempre apoiou Henrique Eduardo Alves em todas as campanhas para Deputado Federal. 

Resta saber agora quem ainda irá declarar apoio ao Vice-Governador Robson Faria. E como conhecemos bem a política de nosso município, a cidade pode ter somente um palanque. Muita gente ainda deverá declarar apoio ao deputado, pois sabemos muito bem que a maioria dos políticos de Umarizal gosta mesmo é de ficar por cima da carne seca.

Fonte: Umarizal News


Antônio Spinelli: “Henrique é favorito, mas Robinson se movimenta”


Por ora a campanha eleitoral deste ano está “morna”, na visão do especialista em política do Rio Grande do Norte Antonio Spinelli. Professor do Departamento de Ciências Sociais da UFRN, ele afirma que o candidato do PMDB, Henrique Alves, até agora, é o franco favorito na disputa pelo governo do Estado, por ter reunido importantes apoios a sua proposta. Entretanto, o professor avalia: “Robinson tem se movimentado também. Não me parece que a eleição venha a ser um passeio”.

Em entrevista exclusiva ao Jornal de Hoje, Antonio Spinelli diz que a eleição mesmo só começará a pegar quando iniciar a propaganda eleitoral, em agosto. “Por enquanto, está muito morna. Ainda não pegou. O que é normal. O eleitorado costuma se ligar efetivamente quando a campanha oficial começa. Na verdade, as pessoas comuns têm muito com o que se preocupar. Geralmente quem acompanha mais nesse período inicial são os jornalistas e especialistas”, explica.

Por outro lado, segundo ele, é preciso considerar que os principais nomes na disputa pelo governo e pelo Senado, sendo, pela ordem, Henrique e Robinson Faria (PSD) disputando o governo, e Wilma de Faria (PSB) e Fátima Bezerra (PT) o Senado, são bastante conhecidos do público, o que facilita já uma tomada de posição do eleitorado.

“Como os candidatos são todos conhecidos, Henrique, Robinson menos, mas de qualquer forma conhecido, vez que foi deputado estadual por um longo tempo, presidente da Assembleia Legislativa e eleito vice-governador. E as duas candidatas ao Senado, Wilma e Fátima, também são figuras conhecidas. Isso de certa maneira facilita o posicionamento do eleitorado. Quando o eleitor não conhece o candidato, espera um pouco mais para ver o que o candidato vai propor”, diz.

EQUILÍBRIO
Quanto à corrida ao governo, Spinelli vê Henrique saindo com uma posição muito forte, por causa dos muitos apoios partidários e empresariais conquistados. “Mas, por outro lado, Robinson tem se movimentado também. Não me parece que a eleição venha a ser um passeio”, diz.

“Claro que Henrique é francamente favorito, fez costura muito ampla. E é claro que Robinson vai ter dificuldades para romper essa barreira, principalmnente procurar apoios de prefeitos, de vereadores, cabos eleitorais. Mas acho que à medida que a campanha avança e os candidatos apresentem suas propostas e passam a ser mais conhecidos do público, a campanha fica mais equilibrada, embora Henrique permaneceça como franco favorito. Contudo, a eleição apresenta surpresas”, lembra.

“Se Robinson mostrar incoerências de Henrique, pode desestabilizar”
Segundo o professor Antonio Spinelli, embora seja favorito, se o candidato do PSD, Robison Faria, apontar, durante a campanha, as incoerências do candidato do PMDB, poderá fazer a diferença. Entretanto, Robinson precisaria ter muita parcimônia no uso de denúncias, porque o público pode saturar.

“Henrique tem uma longa trajetória. E, ao longo dessa trajetória, foi alvo, muitas vezes, de denúncias. Não sei se o candidato Robinson vai fazer uso dessas coisas. Porque há um ponto de saturação para o público. A tática do ataque, da denúncia, funciona até certo ponto”, avalia o professor. Por outro lado, Spinelli acredita que, se Robinson conseguir apresentar uma proposta programática, ele poderá desestabilizar adversário.

“Henrique tem exercido a presidência de forma em muitos aspectos questionável. A reforma política talvez seja o exemplo mais importante. Ele prometeu publicamente e explicitamente que iria fazer (a reforma). O primeiro erro começa por aí, ‘eu vou fazer’, uma proposta personalista para algo que precisa de amplo consenso. E ele não fez. Fez alguma coisa, uma maquiagem, algumas propostas. Na verdade, ele travou a reforma política, e esse é o ponto mais vulnerável”.

“Henrique Alves pode explorar incoerência partidária de Robinson”
Quanto a Robinson, Spinelli aponta que também há incoerência. “O Robinson saiu do DEM, já esteve em vários partidos, é vice-governador da atual governadora. Ou seja, tem uma história que não tem muita coerência, nesse aspecto partidário”. Além disso, de acordo com o professor, o vice não chega a ter experiência administrativa para apresentar.

“Não se pode considerar que vice tenha experiência administrativa. Até porque ele não teve nenhum espaço no governo (Rosalba). Desde o início perdeu espaço, brigou com a governadora. Para completar, até agora não apresentou propostas, a não ser a ‘Ronda no Quarteirão’, que é uma cópia do que acontece no Ceará. Ele precisa apresentar uma proposta mais robusta”.

Sobre propostas, Spinelli aponta que Henrique está à frente do adversário até agora. “Porque a bandeira de Henrique, em favor do desenvolvimento, é muito forte. Robinson precisa contrapor a isso algo que tenha um significado simbólico grande. Acho que Henrique encontrou, o Robinson ainda não. Precisa encontrar algo que possa ser reconhecido por isso para dar força a sua campanha”.

“Wilma tem telhado de vidro, mas disputa com Fátima é equilibrada”
Para o Senado, o cientista político Antonio Spinelli vê uma disputa mais equilibrada entre a candidata do PSB, Wilma de Faria, e a candidata do PT, Fátima Bezerra. “São candidatas fortes. A ex-governadora e ex-prefeita Wilma tem realmente um telhado de vidro muito grande, uma vez que nos governos dela, particulamente o governo do Estado, vários escândalos aconteceram. Mas é o que eu disse. Isso não pode ser explorado como agenda principal da candidata que faz oposição a ela. A candidatura precisa apresentar uma agenda positiva. Fátima tem histórico como deputada estadual e federal, sempre foi muito bem votada, muito envolvida com os problemas do RN, e tem realmente realizações a apresentar”.

Na visão de Spinelli, o que beneficia Wilma é ter sido sucedida por Rosalba no comando do governo do Estado. “O governo de Rosalba é tão ruim, que faz o governo de Wilma parecer bom. E daí se dar uma certa força à candidatura dela ao Senado. Talvez desse mais força a ela como candidata ao governo. Agora, Wilma vai enfrentar uma opositora forte, com histórico de realizações e sem mancha na sua trajetória política. Eu vejo um combate mais equilibrado para o Senado”.


Fonte: Jornal de Hoje 
 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179