Olho D'água do Borges/RN -

CGM de Olho D’água do Borges trás agencia itinerante do BNB com linhas de créditos para beneficiar produtores leiteiros do município

Aconteceu na manhã de hoje (30), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Olho D’água do Borges, uma reunião do Comitê Gestor Municipal – CGM do Prodeter, com a presença da agência itinerante do Banco do Nordeste – BNB, agencia de Umarizal, para apresentação das linhas de créditos  disponíveis para beneficiar a cadeia produtiva de leite no município.

Na oportunidade o gerente do BNB, ______ falou das modalidades disponíveis para financiamento da Bovinocultura de leite, como também de outras atividades econômicas no município de Olho D’água do Borges, através do Programa de desenvolvimento territorial do Banco do Nordeste- PRODETER.

____ falou ainda, que a vinda da agência itinerante do BNB para o município, tinha o objetivo de facilitar aos  produtores interessados, solicitar seu pedido de financiamento sem precisar se deslocar  para outra cidade.

O PRODETER, programa de Desenvolvimento Territorial - BNB, oferece um conjunto de estratégias com objetivo de potencializar a competitividade das atividades produtivas regionais, além da integração das políticas públicas necessárias ao desenvolvimento local e territorial.

O Comitê Gestor Municipal da Bovinocultura de leite do município de Olho D’água do Borges é composto pela representante das Associações de Produtores Rurais ( Maria Cândida ) Prefeitura Municipal, (Gilberto Dias);   S.T.R. ( Antonia Benta); e  EMATER, ( Cleise Alves) 

 

 

 

Rodovia que liga Lucrécia a Umarizal encontra-se completamente esburacada e tomada pelo juremal e muitos animais

 

A rodovia que liga a cidade de Lucrécia ao trevo de acesso ao município de Umarizal, tem mais buraco que tábua de pirulito, é uma prova de fogo para quem precisa transitar por lá. Apesar de ter sido recentemente realizada a velha e conhecida operação tapa buracos, que nada mais é do que jogar o dinheiro público fora, encontra-se em estado intransitável. 

E para piorar ainda mais a situação para quem usa a RN, além da buraqueira, o mato e os animais tomam de conta do que resta da estrada, exigindo atenção redobrada para não causar ricos de vida às pessoas que por lá trafegam. 

Onde está a governadora Fátima Bezerra que não toma providências para recuperação das estradas do nosso sofrido RN. Parece que ela está mais preocupada em determinar a polícia de transito efetuar a apreensão das motos atrasadas das pessoas humildes que utilizam esses transportes para desenvolver as suas atividade econômicas do dia a dia. 

O que estão fazendo com o dinheiro arrecadado do contribuinte através do pagamento do IPVA e licenciamento de carros e motos? Isso é uma vergonha governadora.

Benes Leocadio visita lideranças da região Oeste nesta quinta feira. 'Ele pode devolver ao RN a dignidade soterrada pela falta de gerência', diz deputado

 

Se vai viabilizar sua candidatura ao Governo do Estado, só o tempo vai dizer quando chegar 2022. Mas, o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) não vai poder ser acusado de acomodado.

Cumprindo agenda no alto Oeste potiguar, o deputado federal Benes Leocádio esteve na cidade de Severiano Melo, na manhã desta quinta-feira (29), onde foi recebido pelo prefeito da cidade Jacinto Lopes e o deputado estadual Getúlio Rego. Durante o encontro, que contou com a presença de vereadores, apoiadores e população, o deputado Getúlio Rêgo assegurou apoio ao projeto de candidatura de Benes ao Governo do RN. 

“Benes tem experiência administrativa. E tem no meu conceito um projeto para devolver ao Estado do Rio Grande do Norte a dignidade que está soterrada pela falta de gerência do nosso Estado. Eu lhe abraço nessa sua pretensão que é minha também. Deixo o meu compromisso e a minha vitalidade para ser batedor de esteira na sua luta”, disse o deputado Getúlio.

Na cidade de Mossoró, Benes foi recebido pelo seu colega-deputado federal Beto Rosado (PP), e terminou com o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Na agenda, ainda teve entrevistas, visitas a prédios públicos, a Catedral de Santa Luzia e ao presidente da Assembleia de Deus de Mossoró.

Foi de gregos a troianos.

Flamengo goleia o ABC de Natal por 6x0 no maracanã, e jogo da volta está confirmado para quinta-feira 05, no Arena das Dunas.

 

Em busca de uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, Flamengo e ABC se encontraram ontem para definir o classificado para a próxima fase do torneio. O primeiro duelo, com mando de campo rubro-negro, foi disputado no Maracanã onde o flamengo goleou o ABC por 6x0. O segundo, de responsabilidade do ABC, vai ser realizado na Arena das Dunas.

A confirmação do palco do jogo de volta, que tem mando de campo do ABC, foi divulgada pela CBF na noite dessa quarta-feira (28), uma semana antes do primeiro confronto. O duelo da volta será disputado no dia 05 de agosto, quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Arena das Dunas em Natal.

O primeiro encontro entre Flamengo e ABC foi realizado ontem a noite no Maracanã, e o rubro-negro aproveitou o ‘fator casa’ e venceu por 6x0, construindo um resultado que lhe garante larga vantagem na partida de volta. 

Bolsonaro admite não ter provas de fraude nas eleições

 

Em duas horas de uma live recheada de ataques a governadores, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), imprensa, petistas e, até mesmo, ao governo da Argentina, o presidente Jair Bolsonaro voltou a mentir sobre o processo eleitoral brasileiro, e colocar em xeque a lisura do voto eletrônico no Brasil. Desta vez, entretanto, admitiu: “não temos prova”. A live, ocorrida nesta quinta-feira (29), foi divulgada como “coletiva” pela assessoria de comunicação do Palácio, mas não foram permitidas perguntas pelos jornalistas ao presidente.

Bolsonaro tem escalado disparos contra o sistema eleitoral brasileiro e dito, em ocasiões variadas, que não aceitará a realização de eleições em 2022 caso não seja aprovado pelo Congresso e implementado pelo TSE o voto impresso. Mais do que a simples impressão do voto, as declarações de Bolsonaro são vistas por políticos e representantes de instituições públicas, especialmente do judiciário, como um risco ao sistema democrático brasileiro.

Nos últimos meses, investigações conduzidas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado têm avançado sobre denúncias de prevaricação do presidente Bolsonaro no que tange ao combate à pandemia. A CPI também apura denúncias de superfaturamento do Ministério da Saúde na compra de imunizantes. Paralelo a isso, pesquisas de opinião apontam para uma queda de popularidade do presidente, a exemplo do Datafolha que em julho divulgou sondagem na qual, para 55% dos entrevistados a gestão era classificada como ruim ou péssima. Bolsonaro também vê ameaçado seu caminho à reeleição em 2022 diante de uma desvantagem contra Lula (PT), ainda no âmbito das pesquisas eleitorais.

As ditas provas de Bolsonaro de fraude eleitoral eram esperadas há quase um mês. Na live Bolsonaro, disse que tudo o que foi apresentado eram “apenas indícios”, e não fatos. "E eu digo mais: não temos prova. Deixar bem claro. Mas indícios que eleições para senadores, deputados, pode ocorrer a mesma coisa", reconheceu, invertendo a promessa de que apresentaria as esperadas provas. "Os que me acusam de não apresentar provas, eu devolvo a acusação: provem que não é fraudável".

Após um longo discurso de quase 40 minutos sobre os mais variados temas Bolsonaro cedeu a palavra a um suposto técnico, identificado apenas como "Eduardo" - depois descobriu-se ser Eduardo Gomes, coronel do Exército nomeado assessor na Casa Civil. Segundo o presidente, a partir dali seriam mostrados "indícios fortíssimos, ainda em fase de aprofundamento, que nos levam a crer que temos que mudar o processo eleitoral". Todos eles, no entanto, havia sido desmentidos pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Entre os supostos indícios, estava um vídeo onde um youtuber chamado Gederson, que se define como programador explica como uma urna poderia ser fraudada. Em nenhum momento, porém, foi mostrado pelo youtuber se tais desvios efetivamente aconteceram em alguma eleição. Ao contrário disso, o vídeo trazia uma animação narrada por ele sobre como fazer uma fraude eleitoral. O próprio youtuber, no entanto, chegou a ser retratar sobre o vídeo posteriormente dizendo que não havia provas de fraude.

Bolsonaro anunciou, então, que mandou para investigação da Polícia Federal um suposto padrão de fraude nas eleições de 2014. O pleito daquele ano foi vencidas por Dilma Rousseff (PT) e o principal adversário dela naquela ocasião, Aécio Neves (PSDB), reconheceu a derrota. Caberá ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, comandada por Anderson Torres, produzir um laudo sobre esta questão.

Inusitadamente, a live do presidente Bolsonaro destinada a falar de fraude eleitoral reservou um momento para propaganda de um possível candidato ao governo do Maranhão. Enquanto falava, um boneco animado do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), defensor do voto impresso, ficava em duas telas ao fundo. O mesmo boneco protagonizou um vídeo explicativo sobre o voto impresso.

Continue lendo aqui

O MENTIROSO: Bolsonaro deu 1.682 declarações falsas ou enganosas em 2020, aponta relatório de ONG internacional

Um relatório da organização não-governamental Artigo 19, com escritório em noves países, inclusive o Brasil, mostra que o presidente Jair Bolsonaro emitiu 1.682 declarações falsas ou enganosas em 2020, ou seja, mais de quatro por dia.

O documento também aponta ataques de Bolsonaro à imprensa e mostra uma queda no nível de liberdade de expressão no mundo em geral e no Brasil: o país obteve apenas 52 pontos numa escala que vai de 0 a 100. O índice é o mais baixo registrado pelo Brasil desde 2010, quando começou a ser calculado pela ONG.

As informações fazem parte do “Relatório Global de Expressão 2021”, com dados de 161 países.

De acordo com o documento da ONG, que atua na defesa da liberdade de expressão e acesso a informação, as declarações falsas ou enganosas de Bolsonaro contribuíram para a aumentar o número de casos de Covid-19. A Artigo 19 também fez críticas à falta de transparência nos números da pandemia em alguns países, entre eles o Brasil.

“Em outros casos, a desinformação vem de indivíduos que ocupam posições relevantes — até mesmo chefes de governo, como Jair Bolsonaro — geralmente por meio de contas pessoais, em vez de oficiais, nas redes sociais. Esses indivíduos isolados podem ter um grande impacto na disseminação da desinformação. O presidente dos Estados Unidos [Donald Trump, que estava no cargo em 2020] foi provavelmente o maior impulsionador da ‘infodemia’ de informações errôneas sobre a COVID-19 em língua inglesa”, diz trecho do relatório.

O documento destacou algumas falas de Bolsonaro, como chamar a Covid-19 de “gripezinha”, enquanto “promove discursos antivacinas e anti-isolamento, piorando as taxas de infecção e causando uma crise de informação com discursos altamente polarizados”.

Desde janeiro de 2019, quando assumiu o cargo e ainda não havia pandemia, Bolsonaro fez 2.187 declarações falsas ou distorcidas.

O GLOBO

MPRN aprova novo auxílio saúde que pode chegar a R$ 1.520,00 para promotores e procuradores

 

O Ministério Público do RN publicou por meio de resolução nesta quinta-feira, 29, a criação de auxílio saúde para os promotores, procuradores e servidores do órgão com valores que podem chegar até R$ 1.520,00 mensais para reembolso de despesas médicas. A medida foi assinada pela procuradora geral de Justiça, Elaine Cardoso. A informação é da 98 FM

A medida atualiza o auxílio único de R$ 700,00 que os membros do MP já recebiam e passa a valer a partir de 1 de agosto para ativos e inativos.

Vale ressaltar que promotores e procuradores já recebem salários na faixa de R$ 32 a R$ 35 mil e receberão o novo auxílio como extra para gastos médicos.

Com o novo programa, os promotores, procuradores e servidores só terão acesso ao dinheiro se formalizarem um requerimento e apresentarem comprovantes de gastos com saúde. Na prática, o novo auxílio será um “reembolso” por despesas com plano de saúde, mas terá valores máximos de referência.

Para promotores e procuradores, o valor máximo do auxílio vai variar de R$ 1.292,18 (para quem tem até 29 anos de idade) a R$ 1.520,22 (para quem tem 50 anos ou mais). Ou seja, para uma classe, o benefício de saúde vai dobrar em relação aos valores que são pagos atualmente. No caso dos servidores, o reembolso vai variar de R$ 1.206,09 (para quem tem até 29 anos) a 1.418,93 (para quem tem 50 anos ou mais).

Nos dois casos, o beneficiário que tiver filho com deficiência, independentemente da idade, terá um acréscimo de até 50% no valor. Com isso, o benefício para os promotores pode chegar a R$ 2.280,33.

Confira a integra da resolução aqui.

Fonte: Agora RN

MPF investiga aquisição de medicamentos vencidos para combate à pandemia no RN

 

De janeiro de 2020 até nove de junho deste ano, 30 entes públicos do Rio Grande do Norte podem ter adquirido mais de R$ 577 mil em medicamentos vencidos, utilizando recursos federais repassados pela União. Os indícios de irregularidades serão investigados de forma aprofundada pelo Ministério Público Federal (MPF), a partir de relatório da plataforma Fiscaliza/RN, elaborado por equipe multidisciplinar do MPF, Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) e Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

O procurador da República Fernando Rocha explica que “o objetivo do relatório é traçar hipóteses de irregularidade na aplicação de recursos públicos federais destinados ao enfrentamento da Covid-19”. Segundo ele, “as informações obtidas a partir das técnicas de inteligência digital são caminhos investigatórios para o MPF, que trazem indícios suficientes para autorizar investigações suplementares”.

O Fiscaliza/RN indicou 535 itens de compra com Notas Fiscais Eletrônicas (NF-es) emitidas no mesmo dia ou após a expiração do prazo de validade. As possíveis aquisições de medicamentos vencidos ocorreram em 26 municípios potiguares, na Secretaria de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte, no Hospital Dr. José Pedro Bezerra, no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e no Hospital Colônia Dr. João Machado. O relatório analisou todos os registros de Notas Fiscais Eletrônicas Públicas no período, observando a chave de emissão, seus produtos, as quantidades, os valores unitários, os valores totais, o emissor e o destinatário.

Fiscaliza/RN 

A plataforma é uma solução de tecnologia que permite a fiscalização do emprego de recursos públicos federais no combate à pandemia de covid-19, utilizando a Ciência de Dados e Inteligência de Dados, fruto de parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o MPF e o TCE/RN. Uma das principais funções do Fiscaliza/RN é a extração automática de dados brutos de fontes relevantes – como as NF-es de produtos adquiridos pelos entes da administração pública – e a centralização de suas informações.

 Fonte: Jornal de Fato

CPI da Covid no RN: Kelps quer convocar governador da Bahia e mais 6 para explicar compra de respiradores

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), provável presidente da CPI da Covid que será instalada na próxima semana na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, anunciou nesta quarta-feira (28) que, assim que os trabalhos da comissão forem iniciados, vai pedir a convocação do governador da Bahia, Rui Costa (PT).

Para isso acontecer, será preciso que a maioria da comissão (que tem cinco membros) aprove o requerimento. A primeira reunião da CPI está marcada para o dia 4 de agosto. Nesta data, serão escolhidos o presidente e o relator. Já há um acordo para que Kelps Lima seja o presidente e para que o deputado Francisco do PT seja designado o relator.

Segundo Kelps, Rui Costa será chamado para depor na condição de presidente do Consórcio Nordeste, do qual o Governo do RN faz parte. Se for oficialmente convocado, o governador baiano terá de dar explicações à CPI sobre a compra frustrada de 300 respiradores pulmonares no auge da pandemia de Covid-19.

Fonte: Portal Grande Ponto

Com terceiro repasse de R$ 3,3 bi, FPM de julho fecha em alta

 

Em 2020, as prefeituras receberam R$ 2,3 bilhões referentes ao terceiro Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de julho. O último repasse deste mês será de R$ 3,3 bilhões, sem considerar a inflação e o desconto de 20% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A transferência do dinheiro aos cofres municipais ocorre na sexta-feira, 30. 

Levantamento ordinário da Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta crescimento de 39,81% na terceira parcela. Contudo, quando se aplica a inflação, o resultado positivo fica em torno de 30%. E, além da retenção constitucional do Fundeb, que deixa o Fundo em R$ 2.641.868.363,55, o gestor municipal também é obrigado a aplicar 15% em saúde e destinar 1% para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Segundo esclarece a área de Estudo Técnicos da Confederação, este terceiro repasse representa 30% do FPM total do mês, e a base de cálculo da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) considera a arrecadação dos Impostos de fRenda (IR) e Sobre Produtos Industrializados (IPI) entre os dias 11 e 20. De modo geral, julho encerra 39,17% superior (ou 29,60% maior, com a inflação). Os saldos positivos foram: 41,34%, 26,70% e 39,17% do primeiro ao terceiro repasse, respectivamente.

O sétimo mês de 2020 fecha com repasse total de R$ 6,4 bilhões. Agora, no mesmo período, acumula R$ 8,9 bilhões. De janeiro até agora, os Municípios partilharam R$ 80,5 bilhões contra os R$ 61 bilhões transferidos no ano anterior. Embora, em todos os meses, o FPM tenha se mantido positivo, os dois destaques ainda são maio e junho, com altas de 54% e 63% ou de 42,57% e 51,86% deflacionado.

"O total repassado aos Municípios, em 2021, apresenta crescimento de 30,71% em termos nominais – ou 22,72% considerando os efeitos da inflação – em relação ao mesmo período de 2020", destacam os economistas da CNM. É importante esclarecer ainda que do total, as 168 cidades de coeficientes 4,0 ficam com mais de 13%, e o restante é dividido entre as demais 5,4 mil prefeituras, pelos coeficientes populacionais.

 Fonte: Agencia CNM Noticias

Governo Bolsonaro usa foto de homem armado para suposta homenagem ao Dia do Agricultor

 

Neste 28 de julho, o governo Bolsonaro publicou na internet uma suposta homenagem ao Dia do Agricultor, mas usou para isso a foto de um homem armado.

A postagem da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República apresenta um homem carregando uma arma e a seguinte legenda: "Hoje homenageamos os agricultores brasileiros, trabalhadores que não pararam durante a crise da Covid-19 e garantiram a comida na mesa de milhões de pessoas no Brasil e ao redor do mundo".

Em um banco de imagens da internet, essa foto é descrita como "silhueta de caçador carregando espingarda no ombro e observando". A Secom apagou a publicação horas depois.

Na noite desta quarta-feira (28), a Secretaria Especial de Comunicação Social afirmou que a imagem que deu margem a interpretações fora do contexto era uma referência à segurança no campo, e que o governo continuará adotando medidas que proporcionem mais tranquilidade e segurança em respeito ao agricultor e à sua família.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura afirmou que a imagem de uma pessoa no campo segurando uma espingarda foi totalmente desrespeitosa.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra afirmou que, ao escolher a imagem de um jagunço pra homenagear o dia do agricultor, o governo Bolsonaro é coerente com sua concepção de mundo: de culto à violência e promoção da morte.

 Fonte: JN

Receita Federal vê movimentação financeira suspeita de Ciro Nogueira e cobra R$ 17 milhões por sonegação

 

O novo ministro da Casa Civil, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) é alvo de cobranças da Receita Federal que somam R$ 17 milhões, segundo documento que consta de um dos inquéritos envolvendo o parlamentar.

Os autos de infração que apontam os débitos foram lavrados nos anos de 2017 e 2018. Um deles se refere ao suposto pagamento de propina de R$ 6,4 milhões pelas empresas JBS e UTC, sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os auditores fiscais sustentam que houve omissão dos rendimentos e cobram o recolhimento dos impostos correspondentes aos cofres públicos.

O outro caso está relacionado a transações financeiras envolvendo diversas empresas do senador que não foram devidamente declaradas, segundo o Fisco.

O senador contesta as multas em procedimentos, ainda não julgados, apresentados ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). Procurado ontem, Nogueira não se manifestou.

Alvo de investigações da Lava-Jato sobre o suposto recebimento de propina, Nogueira sempre negou ter cometido qualquer crime.

Fonte: O Globo

28 de julho, Dia do Agricultor: Parabéns para essa atividade mais antiga e importante da humanidade.

 

Hoje é Dia do Agricultor! A marcante data foi oficializada por Juscelino Kubitschek, pelo Decreto Lei nº 48.630/1960, e celebrada, pela primeira vez, em 28 de julho de 1960. Trata-se de uma bela homenagem a todos os agricultores do país, que trabalham de sol a sol, para garantir a todos alimentos frescos e de qualidade.

O agricultor possui uma ampla relevância na economia brasileira e também para a população mundial, pois é a sua atividade que propicia a produção de alimentos, que estão na mesa da população mundial. Por esse motivo, a homenagem aos agricultores, além de justa, é necessária, pois faz referência a um dos mais relevantes serviços prestados para a sociedade.

Sabemos que a agricultura pertence ao setor primário da economia e, como tal, encarrega-se ao lado dos setores extrativistas – de produzir, além dos alimentos, as matérias-primas que são empregadas na fabricação de mercadorias.

Podemos dizer que a profissão ou o exercício do agricultor é uma das mais antigas da história da humanidade, haja vista que a agricultura constituiu-se no período Neolítico há mais ou menos 10 mil anos. Com isso, foi permitida a sedentarização do ser humano, ou seja, o fim da prática nômade, o que alicerçou as primeiras bases para a formação das civilizações e sociedades.

Parabéns a todos os agricultores


CGM-PRODETER-BNB do município de Olho D’água do Borges realizou reunião para Monitoramento e Avaliação do PAT no trimestre Julho/Setembro/2021.

 

Representantes do Comitê Gestor Municipal (CGM) do Programa de Desenvolvimento Territorial, PRODETER do Banco do Nordeste (BNB), que trabalha melhoramentos na bovinocultura de leite no município de Olho D’água do Borges reuniram-se de forma online, através da plataforma Google Meet, nesta terça-feira (27), das 9:30 até 10:30, com o Agente de Desenvolvimento do BNB, João Cavalcante Feitosa. 

A pauta principal da reunião foi o Monitoramento e Avaliação do PAT para no trimestre Julho/Setembro/2021. 

  1. Informes:

  •  Reestruturação do PAT ( inclusão, incorporação, de Ações)
  •  Lives Capacitadoras;
  • Divulgação dos trabalhos do PRODETER em mídias sociais;
  • Compras Coletivas/ COOICAP
  • Cronograma das reuniões ordinárias dos Comitês Gestores, CGM e CGT.

2 - Ação de Impacto no trimestre Julho/ Setembro/21;

3 - Agência Itinerante/ Prospecção de Negócios;

4 - Monitoramento e Avaliação das Ações do PAT no trimestre Julho/ setembro/21;

5 -  Agenda de Compromissos

Participara da reunião representantes da Associação de Produtores Rurais ( Maria Cândida ) Prefeitura Municipal, (Gilberto Dias  );   S.T.R. ( Toinha Benta);   EMATER, ( Cleise Alves)  e BNB, ( João Cavalcante Feitosa)

Compromissos: 

  1. Realizar  Agência Itinerante no município próximo dia 30 de julho, às 9:00 na sede do  município, no STR. para atendimento aos agentes econômicos;
  2. Públicar em mídias sociais as ações do CGM PRODETER BNB;
  3. Aguardar liberação dos protocolos da pandemia Covid 19 para ações de capacitação presenciais.
  4. Os representantes do CGM participarem das próximas reuniões ordinárias  dos Comitês Gestores, CGT dia 15 de Setembro/21 e do CGM 05 de Outubro/21.

 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179