Olho D'água do Borges/RN -

Caminhada marca abertura oficial das ações do Outubro Rosa em Olho D’água do Borges


Com camisetas e panfletos em alusão ao Outubro Rosa, e muita disposição para motivar olhodaguenses  a buscar pelos exames de Mamografia e combate ao câncer de mama, servidores da Secretaria Municipal de Saúde e demais secretaria do município, vereadores e populares, realizaram uma caminhada no final da tarde desta segunda-feira 16, para marcar a abertura das atividades municipais do Outubro Rosa.

De acordo com a secretária de saúde, Keila Leite, “a caminhada ressaltou a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de câncer de mama e de colo do útero”. Ela aproveitou para deixar “o agradecimento especial aos servidores do municipio por terem aderido a esse momento e, principalmente, pela dedicação no dia a dia em seus locais de trabalho”, ressaltou.

O Vice-prefeito Antonimar Amorim, que estava representando a prefeita Maria Helena que se encontra em Brasilia buscando recursos para o município, enalteceu o belo trabalho que a nova gestão vem desempenhando na área de saúde  e destacou que “o município está empenhado para realizar as ações de prevenção e disponibilizando os exames preventivos ao combate do câncer de mama. Também  aproveitou o momento  para dizer que a mulher a cada dia vai avançando e ocupando mais espaço em todos os seguimentos da sociedade.

Programação Outubro Rosa continua no município com o seguinte cronograma:

17 de outubro de 2017 18:00 hs
Palestras para as mulheres das igrejas do município.
Local: Câmara Municipal de Olho D’água do Borges
Palestrante: Dr. Delbtom e a Psicóloga Ana Carla

18 de outubro de 2017 19:00 hs
Roda de Conversa com o grupo do terço das mulheres.
Local: Igreja de Nossa Senhora da Conceição
Palestrante: Enfermeiro Gusttavo Cesar

19 de outubro de 2017
Panfletagem e Sala de Espera nas unidades de saúde do Município.
Local: todas as unidades de Saúde
Palestrante: Equipe de Saúde da Família

20 de outubro de 2017 16:00 hs
Fechamento da Campanha de combate ao câncer de mama e colo uterino.
Local: Praça Central
Palestrante: Enfermeira Salizete Sales.

24 de outubro de 2017 16:00 hs
Palestra sobre Prevenção
Local: CRAS
Palestrante: Dr. Abel e Dra. Ingrid

27 de Outubro de 2017 07:30 hs
Palestra Hiperdia na Unidade Básica de Saúde
Local: Unidade Básica de Saúde Comunidade Cajazeiras
Palestrante: Enfermeira Welina.

29 de outubro de 2017 08:30 hs
Palestra prevenção de Câncer de mama e Colo Uterino.
Local: Sindicato dos Trabalhadores Rural
Palestrante: Enfermeira Laize Sales

30 de outubro de 2017 16:00 hs
Palestra para o grupo de gestante com abordagem do tema da campanha.
Local: Auditório da Prefeitura
Municipal de Olho D’água do Borges

31 de outubro de 2017 18:00 hs
Encerramento do mês do Outubro Rosa.
Local: Praça Central
Confraternização e Apresentações artística















Fonte: Assecom/ODB.

Delação de Funaro acelera ação contra Henrique e Cunha na Operação Sépsis


Com a delação premiada do doleiro Lúcio Funaro exposta ao público nos últimos dias pelo Supremo Tribunal Federal (STF), os depoimentos dos ex-presidentes da Câmara dos Deputados Henrique Alves (PMDB-RN) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no tocante à Operação Sépsis, poderão acontecer já na próxima semana, e ambos se tornarão passíveis de uma sentença. Anteriormente, Cunha havia se recusado a prestar depoimento no processo (que já está em fase final de instrução) por alegar desconhecer o conteúdo do relato de Funaro. Graças à revelação, o juiz titular da 10ª Vara Federal em Brasília, Vallisney de Souza Oliveira, remarcou os depoimentos de ambos os políticos para a próxima semana.

Originalmente, a nova data dos depoimentos seria 24 de outubro, uma terça-feira, contudo, uma vez que os anexos da delação não haviam chegado em tempo hábil à mesa do magistrado, Vallisney adiou as oitivas mais uma vez, agora para os dias 26 e 27 de outubro. Procuradores da República esperam que o encerramento do trabalho de instrução ocorra ainda este ano, o que deixaria o processo pronto para uma sentença, uma vez que todas as testemunhas já foram ouvidas, faltando, apenas, as oitivas dos réus.

Enquanto Henrique Alves ainda permanece sob tutela da Academia de Polícia Militar, em Natal, Cunha se encontra em Brasília, para onde foi transferido há cerca de um mês. A volta dele para Curitiba, que estava prevista para a próxima semana, foi remarcada para o fim de outubro.

Na última quarta-feira 11, houve a tentativa de se realizar uma audiência, que acabou cancelada por Vallisney diante da recusa de Cunha. Na ocasião, seriam ouvidos cinco réus da ação penal: o próprio Cunha; Henrique Alves; Lúcio Funaro – todos os três presos preventivamente na Lava-Jato; Fábio Cleto (ex-vice presidente da Caixa) e Alexandre Margotto, sócio de Funaro – ambos delatores na operação.

“Barca de Cunha”
Em sua delação, Lúcio Funaro se referiu a Henrique Eduardo Alves como partícipe da chamada “Barca de Eduardo Cunha”. Questionado sobre nomes do PMDB que recebiam a propina de Cunha, Funaro respondeu: “Henrique Alves, Michel Temer… Todas essas pessoas. A bancada que a gente chamava de “a bancada do Eduardo Cunha”. Chegando à minha mão (propina) eu distribuía para quem eu tinha que pagar que, neste caso, era o Eduardo Cunha, que fazia o repasse para quem de direito no PMDB”.

Operação Sépsis
A operação Sépsis, desdobramento da Lava Jato, investiga esquema de pagamento de propina para liberação de recursos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal. Na competência da operação, Henrique Eduardo Alves é acusado de auferir valores ilícitos de empresas que receberam aportes milionários do FI-FGTS e de ter remetido esse dinheiro ilegal para contas no exterior. Cunha e Alves aparecem como principais beneficiários do esquema, segundo a acusação do Ministério Público Federal (MPF). A Procuradoria Geral da República (PGR) denunciou o grupo ao STF por crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e violação do sigilo funcional.


Fonte: Agora RN.

CNM aponta que redução orçamentária da Assistência Social compromete futuro do Suas


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulga estudo que alerta para as reduções no orçamento da Assistência Social. A entidade aponta que a medida compromete o futuro do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Do ano de 2016 para 2017, o governo federal reduziu em mais de 458 milhões os recursos para cofinanciar o Suas nos 5.570 Municípios brasileiros, uma queda que gerou uma perda de mais de 19% de recursos para manutenção e continuidade dos serviços. O estudo aponta que o maior corte se concentra no âmbito da Proteção Social Básica, uma queda de 15%, cerca de 227 milhões.

Em outro setor fundamental para a consolidação da Assistência Social – a gestão, o corte foi de 35%, ou seja, quase 50 milhões a menos para o Índice de Gestão Descentralizada do Suas (IGD-Suas). A entidade acredita que se trata de uma ação grave, pois compromete os serviços ofertados nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), existentes em mais de 99% dos Municípios brasileiros.

Novos cortes
O estudo também alerta que a proposta do Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2018 prevê para o próximo ano repasse de apenas R$ 800 mil para as mais de 7.457 unidades de Cras cofinanciados pelo governo federal no país, uma perda de recursos de 99,94% em relação ao ano de 2017.

Assim, os Creas terão apenas 500 mil reais, um corte de 99,87%. A proteção social especial de alta complexidade também contará com ínfimos 500 mil reais. Um corte de 99,76% em relação a 2017. E as ações de gestão, IGD-Suas também devem sofrer o mesmo percentual de corte, 99,57%, contando apenas com 400 mil reais para gestão dos 5.570 Municípios no ano de 2018.

Caso a proposta do orçamento da assistência social para o ano de 2018 seja aprovada, mais de 73.991.246 pessoas que dependem das ofertas de serviços e de equipamentos públicos podem passar para a faixa de extrema pobreza.

Veja AQUI o estudo completo.


De iniciativa do deputado Carlos Augusto, RN tem Semana de Combate à Depressão


Depressão tem tratamento. A partir dessa proposta o deputado estadual Carlos Augusto idealizou uma lei que institui a Semana Estadual de Conscientização, Combate e Prevenção à Depressão no RN.

Sancionada em 2016, a data passou ser inserida no Calendário de Eventos do Rio Grande do Norte, sendo comemorada na última semana do mês de outubro.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas que vive com depressão está aumentando – 18% entre 2005 e 2015. A estimativa é que, atualmente, mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença em todo o mundo.

Para o deputado Carlos Augusto, a data visa conscientizar a população sobre os riscos da depressão que muitas vezes não é tratada com a seriedade necessária e afeta pessoas de todas as idades.


Cidade de Patu é reconhecida através de lei, como a Capital Potiguar de Voo Livre


A cidade de Patu foi reconhecida na ultima sexta-feira 13, como a Capital Potiguar de Voo Livre, através da lei nº 10.257 de 13 de outubro de 2017, sancionada pelo governador em exercício, Fabio Dantas.

A Serra de Patu, localizada região Oeste, a 310 km de Natal, é um dos melhores locais do Brasil para a prática do esporte de voo livre, com quase 700 metros de altura.

Na temporada de voo livre, a cidade recebe pilotos de vários países em busca de saltos perfeitos de asa delta, em particular a modalidade parapente, possibilitando a mais completa emoção.

Patu também é muito procurada pelos praticantes de esportes radicais devido ao relevo privilegiado, suas serras permitem ao turista, fazer além dos saltos de asa delta, montanhismo e rapel.


Vigilância Sanitária alerta sobre riscos para quem adquire água vendida em caixas brancas


Diante do quadro de escassez hídrica em todo o Rio Grande do Norte, o que resultou no aumento de consumo da água através de soluções alternativas coletivas, como carros-pipas, caixas brancas, chafarizes, poços coletivos, entre outros, a Vigilância Sanitária Estadual está fazendo um alerta a toda a população sobre o risco para a saúde, do consumo de água não tratada, que pode ocasionar doenças de veiculação hídrica, tais como: cólera, hepatites, diarreias, dentre outras.

Em nota, a Vigilância chama atenção para o transporte de água por meio de caixas brancas, que na maioria das vezes são de segundo uso e originalmente armazenam produtos químicos. Esses recipientes são fabricados com material plástico leitoso, que absorvem resíduos do produto armazenado e são de difícil higienização, havendo o risco de contaminação química para a água transportada.

Diz a nota que de acordo com a Lei Federal 6.437 de 20 de agosto de 1977, no seu artigo 10, inciso XVII, configura infração sanitária: “reaproveitar vasilhames de saneantes, seus congêneres e de outros produtos capazes de serem nocivos à saúde, no envasilhamento de alimentos, refrigerantes, produtos dietéticos, medicamentos, drogas, produtos de higiene, cosméticos e perfumes”.

A nota da Vigilância segue com uma orientação aos potiguares que, ao adquirirem água de distribuidores, certifiquem-se que o mesmo possui alvará sanitário, e busquem informações sobre a origem de sua captação e tratamento através do Programa de Vigilância de Qualidade da Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde.

Fonte: Blog Suébster Neri.



Quatro deputados federais e dois senadores do RN são investigados pelo STF.


Mais da metade da bancada federal do Rio Grande do Norte também é investigada pelo Supremo Tribunal Federal. Quatro deputados e dois senadores potiguares respondem a inquéritos no STF por crimes de corrupção. Rogério Marinho (PSDB) está sob investigação em cinco inquéritos por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária, peculato e falsidade ideológica. Felipe Maia (DEM) e Walter Alves (PMDB) são investigados em um inquérito cada por recebimento de caixa 2 no âmbito da operação lava-jato. Fábio Farias (PSD) também responde a um inquérito por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Já Garibaldi Alves Filho (PMDB) é investigado em um inquérito por lavagem de dinheiro, ocultação de valores e bens e corrupção passiva, enquanto o José Agripino Maia (DEM) responde a quatro inquéritos por corrupção passiva, lavagem ou ocultação de valores e bens, peculato e caixa 2.

De todos os procedimentos, apenas o inquérito 4141, envolvendo o senador Agripino Maia, avançou da fase de investigação para a apresentação da denúncia pela procuradoria geral da República, em 12 de setembro. O processo está sob a responsabilidade do ministro Luís Barroso. Se a denúncia for aceita, o senador se torna réu na ação.

Fonte: Rafael Duarte

Rafael Godeiro/RN na disputa por uma vaga de Deputado Federal


De acordo com conversas nas rodas políticos do Estado (RN), é dada como certa a pré-candidatura para deputado federal do tabelião Airene Paiva (PCdoB) nas eleições do próximo ano (2018). 

Airene é natural do município de Rafael Godeiro/RN e já disputou a vaga que ora pretende em 2006, oportunidade em que obteve 12.113 votos. Dos 69 candidatos(as) que concorreram ao pleito, ele foi 18º mais votado. Avante! 

Fonte: Almino Afonso Informa.

Prefeita Maria Helena vai a Brasília em busca de recursos para o município.


A prefeita do municipio de Olho D’água do Borges, Maria Helena Leite, viajou na manhã desta segunda feira, 16, com destino a Brasilia (DF) onde cumprirá agenda até quinta feira, 19.

De acordo com a prefeita, o motivo da viagem é fazer uma peregrinação pelos gabinetes dos parlamentares potiguares em busca de recursos federais no Orçamento da União para garantir o crescimento e o desenvolvimento do município.

“Irei atrás de recursos para o município. Temos vários convênios  a serem liberados nos ministérios e vamos ver junto aos nossos parlamentares, a melhor forma de viabilizar essa liberação, como também cobrar mais recursos  para nossa cidade”, para podermos concluir as obras inacabadas que existem em nosso município. Ressaltou o prefeito.

Assecom/ODB.

Mártires de Cunhaú e Uruaçu são declarados santos



Foram declarados santos, na manhã deste domingo (15), no Vaticano, os 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu, massacrados em terras potiguares no de 1645. A cerimônia de canonização foi presidida pelo Papa Francisco, contou com 450 concelebrantes e foi acompanhada por aproximadamente 50 mil pessoas, que lotaram a Praça de São Pedro.

A Camerata de Vozes do Rio Grande do Norte, grupo da Fundação José Augusto, participou da cerimônia. O coro, regido pelo monsenhor Pedro Ferreira, apresentou cantos sacros antes e após a anunciação dos 30 novos santos.

Papa Francisco declarou santos os mártires potiguares após o pedido oficial, durante a cerimônia celebrada pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da congregação da Causa dos Santos. "Que estes que agora são santos indiquem a todos nós o verdadeiro caminho do amor e da intercessão junto ao Senhor para um mundo mais justo", declarou o Papa Francisco, em sua homilia.

Santos brasileiros
Além dos 30 mártires do Rio Grande do Norte, já foram canonizados pela Igreja Católica e também são considerados santos brasileiros:
  • São Roque Gonzales, Santo Afonso Rodrigues e São João de Castilho (mártires do Rio Grande do Sul)
  • Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus (nascida na Itália)
  • Santo Antônio de Sant'Ana Galvão (nascido no Brasil)
  • São José de Anchieta (nascido na Espanha)

Beatificação
A celebração da beatificação dos mártires de Cunhaú e Uruaçu aconteceu na Praça de São Pedro, no Vaticano, no dia 5 de março de 2000.

No local do massacre, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, foi erguido o 'Monumento aos Mártires', inaugurado no dia 5 de dezembro de 2000, com capacidade para receber 20 mil peregrinos. O espaço é aberto a turistas e religiosos, e a cada mês de outubro recebe centenas de fiéis. Ele abrange uma área de dois hectares, doada pela família Veríssimo, proprietária da fazenda. O monumento foi projetado pelo arquiteto Francisco Soares Junior.

Desde 2006, o dia 03 de outubro é feriado estadual em comemoração ao Dia dos Mártires de Uruaçu e Cunhaú, segundo Lei Nº 8.913.

Mártires canonizados
Segundo a Arquidiocese de Natal, foram canonizados (nem todos têm os nomes identificados):
Pe. André de Soveral
Pe. Ambrósio Francisco Ferro (português)
Mateus Moreira
Domingos de Carvalho
Antônio Vilela Cid (espanhol)
Antonio Vilela, o moço e sua filha
Estevão Machado de Miranda e suas duas filhas
Manoel Rodrigues Moura e sua esposa
João Lostau Navarro (francês)
José do Porto
Francisco de Bastos
Diogo Pereira
Vicente de Souza Pereira
Francisco Mendes Pereira
João da Silveira
Simão Correia
Antonio Baracho
João Martins e seus sete companheiros
A filha de Francisco Dias


Carreira de professor desperta cada vez menos o interesse de jovens


A falta de reconhecimento e de condições de trabalho tem atraído cada vez menos alunos para uma profissão que já esteve entre as mais valorizadas no país: a de professor. O Dia do Professor foi ontem, mas havia motivo para comemorar?

A cada 100 jovens que ingressam nos cursos de pedagogia e licenciatura no país, apenas 51 concluem o curso. Entre os que chegam ao final do curso, só 27 manifestam interesse em seguir carreira no magistério. As informações foram levantadas pelo movimento Todos Pela Educação, com base em dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


“Temos um apagão de professores, principalmente pela desvalorização. A gente já atrai pouco e, dos que vão para a formação inicial, poucos permanecem na carreira. E não se consegue ter uma área de atuação que consiga atrair os melhores alunos do ensino médio”, diz a presidente executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz.

Na opinião de Priscila, entre as políticas de atratividade necessárias para aumentar o interesse na profissão está a melhoria dos salários. Segundo Priscila, atualmente o professor ganha metade do que os profissionais de outras áreas com ensino superior completo. “Realmente fica difícil atrair os melhores alunos do ensino médio para a carreira se a gente não conseguir fazer com que o salário melhore”, acrescenta.

Priscila destaca que é preciso melhorar também as condições de trabalho do professor. A proximidade dos jovens com a profissão faz com que eles vejam de perto a realidade dos professores, que nem sempre é atrativa. “O fato de o jovem verificar no seu dia a dia que os professores não são valorizados, e muitas vezes são atacados pelos próprios jovens, pelas famílias, pela sociedade, pelo governo, isso faz com que o jovem desista da profissão”, lamenta Priscila.

Desmotivação
Para o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, a falta de políticas que valorizem os profissionais da educação desmotiva os profissionais. Segundo Heleno, existe atualmente um processo de disputa muito grande com outras profissões, que oferecem melhor remuneração.

“Até os profissionais de pedagogia estão fugindo dessa profissão, porque os salários são diferentes, e vão fazer o seu trabalho em outros espaços, que têm uma valorização maior”.


Ele ressalta que, apesar de alguns avanços nos últimos anos no processo de valorização dos profissionais da educação, como a lei do piso nacional do magistério, ainda há dificuldades, como o descumprimento, em alguns estados e municípios, da legislação que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, além do achatamento da carreira de professor.  “Há estados que pagam o piso para o professor do nível médio e o mesmo valor para nível superior”, diz Heleno Araújo.

De acordo com a CNTE, em 2004 o salário dos professores no país representava cerca de 60% da média salarial de outras profissões – atualmente é 52% da média. “Este é o movimento inverso do Plano Nacional de Educação, que diz que, até 2020, o salário médio dos professores deve ser equiparado ao salário médio de outras profissões”, afirma.

Plano nacional
O Ministério da Educação (MEC) deve lançar nos próximos dias uma política nacional de formação de professores, já articulada à Base Nacional Comum Curricular, que vai focar na valorização dos profissionais. Segundo o MEC, está em estudo a ampliação das oportunidades das licenciaturas para a nova geração de docentes da educação básica e também para os que já estão em sala de aula.

Para o MEC, a valorização do professor é fundamental para a educação. “Existe a clareza de que o professor tem um papel central no desenvolvimento educacional de nossos estudantes e de que, para exercer essa profissão, ele precisa ser valorizado em todas as suas dimensões”, diz o ministério, em nota.


CNM defende fim das emendas para diminuir fraudes

CNM defende fim das emendas para diminuir fraudes – Para o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, as emendas parlamentares ao Orçamento são um dos fatores que alimentam as fraudes.

Segundo ele, a retenção de transferências da União, “que obriga os municípios a ficarem de pires na mão em Brasília”, aliada à dependência dos recursos das emendas para serviços básicos, deixam os gestores em situação vulnerável. CNM defende fim das emendas para diminuir fraudes

“São várias as causas para o problema, mas a principal são as transferências voluntárias, as emendas que, muitas vezes, tornam os prefeitos reféns”, diz o representante dos prefeitos. Como exemplo, ele lembra o caso da máfia dos sanguessugas, referindo-se ao escândalo de emendas parlamentares para a compra de ambulâncias que envolveu vários políticos de diversos Estados brasileiros em 2005. 

Para Ziulkoski, a solução seria a criação de um fundo nacional de infraestrutura, usando como modelo o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Não se vê desvios e nem denúncias relacionadas ao FPM”, ressalta. O fundo, previsto na Constituição de 1988, é uma das modalidades de transferência de recursos federais para as prefeituras. O coeficiente de participação de cada município é calculado com base na população e renda per capita de cada cidade. 

Segundo ele, muitas vezes as irregularidades também são praticadas por falhas na gestão pública, onde o princípio fundamental é ir até onde a lei permite. “Um prefeito recebe uma determinada quantia para uma área, mas, se sobrar dinheiro, ele não pode colocar em outra área, pois estaria cometendo improbidade administrativa”, explica. 

O procurador da República Mário Lúcio Avelar, que esteve à frente de investigações de casos como o Escândalo da Sudam, que apurou fraudes na Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia, e da Máfia dos Sanguessugas, concorda com Ziulkoski. “As emendas parlamentares têm que acabar”, afirma Avelar. 

“Elas contribuem para os casos de desvios, como aconteceu no caso da Sanguessuga, que se tornou um sistema extremamente organizado em escala nacional”, acrescenta o procurador, hoje integrante do Ministério Público Federal em Goiás. 


Garibaldi Alves cogita fazer aliança com Fátima Bezerra


Apesar do ex-ministro Henrique Alves advogar a candidatura para governador do RN em 2018, do seu primo e prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, do PDT, o Estado de São Paulo divulgou hoje informação que o senador Garibaldi Alves, denunciado pela Procuradoria Geral da República – PGR, estuda apoiar a senadora Fátima Bezerra, do PT, para governar o RN.

Para garantir reeleição, Garibaldi Alves, segundo o Estado de São Paulo, cogita fechar aliança política com a senadora Fátima Bezerra (PT), apontada como candidata ao Governo do RN. O Estadão não traz detalhes do acordo, mas se presume que fechado a aliança, o PT apoiará reeleição de Garibaldi que anda doente e com a saúde debilitada.

Comenta-se que o seu filho e deputado federal Walter Alves pode disputar a vaga de senador no lugar do seu pai que não teria condições de saúde para enfrentar a intensa maratona de uma campanha eleitoral no próximo ano. Nesse caso, a aliança com Fátima pode ser em troca do apoio a candidatura de Walter ao Senado.


Levantamento mostra que ex-governadora Rosalba está entre os cinco políticos mais impopulares do Brasil


A revista Veja publicou nesta última sexta-feira, 13, em seu site na Internet uma reportagem com o título “Os cinco campeões históricos de impopularidade na política”.

A matéria pesquisou os governantes e suas margens de aprovação nas pesquisas.

1º lugar: O primeiríssimo lugar ficou com o presidente Michel Temer que na última pesquisa ficou com apenas 3% de aprovação popular.
2º lugar: Luiz Fernando Pezão, governador do Rio de Janeiro, também com apenas 3% de aprovação.
3º lugar: o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, já falecido, com 4% de aprovação da sua gestão.
4º lugar: o ex-prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, também já falecido, que chegou a 5%.
5º lugar: a ex-governadora do Rio Grande do Norte e hoje prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, com apenas 6% de aprovação.


Empresa de transporte intermunicipal deve suspender uso de 19 veículos de sua frota


O juiz Uedson Bezerra Costa Uchoa, em processo da 1ª Vara Cível de Caicó, determinou à Auto Viação Jardinense Ltda que, no prazo de cinco dias, a contar da intimação da decisão judicial, realize a suspensão de suas atividades de transporte intermunicipal com relação a 19 veículos de sua propriedade até que as providências indicadas em laudo pericial sejam devidamente tomadas.

Caso haja descumprimento, o magistrado estipulou multa diária de R$ 2 mil e busca e apreensão de todos os veículos citados na ação judicial movida pelo Ministério Público Estadual, devendo a fiscalização ser realizada pelo próprio MPRN, pela Polícia Rodoviária Federal, devendo este órgão ser devidamente oficiado para cumprimento da decisão mediante a sua Superintendência Regional, e pelo DER/RN.

Por fim, o juiz Uedson Bezerra determinou a intimação da Viação Jardinense para, no prazo de 45 dias, disponibilizar o restante da frota de ônibus e micro-ônibus utilizados no transporte rodoviário de passageiros de Caicó aos peritos nomeados por ele para que se verifique se há ou não cumprimento ao acordo firmado judicialmente, sob pena de busca e apreensão dos veículos para tal fim.


Henrique vai depor nos dias 24 e 25


Já tem datas marcadas para os depoimentos do ex-deputado Henrique Alves (PMDB) ao juiz da 10° Vara Federal, em Brasília, Vallisney de Souza Oliveira.

Os depoimentos, referentes ao processo que corre em Brasília, decorrentes de investigações de desvios de dinheiro na Caixa Econômica, que levaram Henrique a cumprir um dos dois mandados de prisão, ocorrerão nos dois dias, às 9 da manhã na sala de audiências da 14ª Vara Federal, em Natal, por videoconferência em canal direto com a 10° Vara.


Santuário constrói monumento de 21 metros de altura e abre para visitação


Na semana em que Campina Grande/PB comemora 153 anos de emancipação polícia, a igreja Santuário da Divina Misericórdia, localizada no bairro dos Cuités, abriu para visitação do público, o monumento ‘Jesus Misericordioso’.

A imagem tem 21 metros de altura e está em fase de conclusão. Ela foi iniciada em 2015 e é totalmente custeada por doações de fiéis da igreja.

Trabalham na construção do monumento, pelo menos 10 pessoas diariamente. Todas são ex-usuários de drogas em fase de reabilitação.


Com recuo do PT, retorno de Aécio é incerto


O recuo do PT no apoio ao senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) – motivado por críticas recebidas nos últimos dias – aumenta a insegurança sobre o retorno do tucano ao Congresso. Em entrevista ao jornal O Globo, o líder do PSDB, Cássio Cunha Lima (PB), reconhece dificuldades, até dentro do partido para a volta do político que tem se recolher em casa todas as noites por ordem da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal.

Veja mais AQUI.

BNB regulariza R$ 4,5 bilhões de dívidas com produtores rurais


Toda a rede de agências do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está mobilizada no atendimento aos produtores rurais que podem ser beneficiados pela Lei nº 13.340, contemplando operações contratadas até 2011, e Resolução nº 4.591, que engloba financiamentos realizados de 2012 a 2016.

Ambas estão vigentes até dezembro de 2017, explica a assessoria de imprensa da diretoria do Banco, em Fortaleza (CE). A procura de produtores rurais junto ao BNB para fazer a adesão à lei vem aumentando a cada dia.

Nesse contexto, já foram regularizadas mais de 125 mil operações de produtores rurais, o que corresponde a cerca de R$ 4,5 bilhões entre liquidações e repactuações, referentes a financiamentos contratados até dezembro de 2016.

Os clientes beneficiados pela Lei nº 13.340 contam com vantagens como descontos de até 95% para liquidação, podendo renegociar suas operações para pagamento até o ano de 2030.

Já os produtores com operações enquadradas pela Resolução nº 4.591, poderão também renegociar suas dívidas com prazo de carência bastante favorável, sendo que a primeira parcela da operação repactuada somente será paga em 2021.

A liquidação dessas dívidas possibilita que os produtores regularizem seus financiamentos com os bancos e possam voltar a produzir e obter novos créditos.

Para obter mais informações sobre as condições de renegociação ou liquidação de dívidas com o BNB, os clientes podem buscar a rede de agências ou realizar contato por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC): 0800 728 3030.


Presidente da CNM, Ziulkoski destaca importância de mobilização de gestores para Apoio Financeiro de R$ 4 bilhões

Em atendimento às reivindicações dos gestores municipais, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca a importância de os prefeitos de todo o País se mobilizarem em busca de novo Apoio Financeiro dos Municípios (AFM) no valor de R$ 4 bilhões. A entidade aconselha que, ainda neste mês de outubro, os gestores entrem em contato com seus parlamentares e solicitem apoio para que a reivindicação seja atendida pelo Executivo Federal.

Para as entidades estaduais e regionais municipalistas, a Confederação orienta que também acionem os prefeitos de sua localidade, mostrem os números da crise financeira e solicitem atuação no Parlamento para sensibilizar deputados e senadores para a urgência da demanda. Além disso, a Confederação pede que, no contato, seja requerido: data agendada para sessão do Congresso que apreciará o veto do Encontro de Contas; matérias municipalistas pautadas no Plenário da Câmara; e audiência com o presidente da República, Michel Temer.

“Os deputados estão nos ajudando muito”, ressalta o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski. Para ele, o momento é de união. E, apesar de acreditar que a atuação deve abordar a pauta mínima municipalista, o movimento municipalista nacional se manterá unido e buscará o AFM, conforme reivindicação apresentada pelos integrantes do movimento municipalista desejam.


 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179