Olho D'água do Borges/RN -

Olhod'aguenses participaram do lançamento do Livro do Juiz Herval Sampaio “Abuso do Poder nas Eleições”, na noite de sexta-feira (29) em Mossoró

Antonimar Amorim, Valcides, Dr. Herval Sampaio, Nadson e Gilberto

O juiz Herval Sampaio Júnior lançou sexta-feira (29), no Hotel Garbos em Mossoró, o livro de ensaios “Abuso do poder nas eleições”. O livro aborda o problema do abuso de poder em três esferas: econômico, político e midiático e a importância da justiça eleitoral nesse contexto.

O juiz Herval Sampaio Júnior tem uma experiência judicante de 15 anos como juiz eleitoral, já tendo participado de 09 eleições consecutivas, incluindo as eleições suplementares e uma das grandes dificuldades é justamente o cumprimento da lei. A classe política e o povo insistem em tratar o processo eleitoral como um negócio, quando segundo a nossa Constituição e leis eleitorais, as eleições se constituem como o momento mais importante de consagração da democracia no sentido mais amplo possível.

No livro, ele relata alguns casos de crimes eleitorais ocorridos no RN, numa linguagem clara e dinâmica. Traz ainda explicações de temas como a compra de voto, uso da máquina administrativa, nomeação de parentes de candidatos, da propaganda irregular e troca de favores por interesse eleitoreiro.


O Juiz da Comarca de Umarizal julgou improcedente ação por danos morais movida contra Gilberto Dias

Gilberto Dias foi absolvido em
ação de danos morais
Juiz da comarca de Umarizal – RN,  julgou improcedente a ação de indenização por danos morais movida  por Jose Jailson Santana contra Jose Gilberto Dias. Motivo da ação: O senhor Jailson requereu  sua transferência eleitoral para este município, e não juntou documentação que comprovasse junto a justiça eleitoral, seu domicilio eleitoral. Como  Delegado do Partido da Frente Liberal – PFL deste município, na época, comuniquei  ao juiz da 39ª Zona Eleitoral em conformidade com os incisos I, II e III e Paragrafo único do art 27, da Resolução 21.538/TSE. Não sentindo-se satisfeito ou motivado por alguém, o mesmo entrou com uma ação de danos morais contra minha pessoa, cobrando 40 salários mínimos.

Esta decisão é uma vitória da liberdade de expressão e dos direitos legais do cidadão, e que pode inibir a indústria das indenizações que se instaurou no Município de Olho D’água do Borges, com o intuito de amedrontar e amordaçar as pessoas que se dispõe a denunciar as ilicitudes e a corrupção eleitoral que impera a décadas neste município. .

Viva a democracia e os direitos de liberdade!!.

Vejam a decisão proferida pelo Juiz Dr. Breno Valério Fausto de Medeiros proferida em 28 de agosto de 2014:
PODER JUDICIARIO
ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Juizado Especial Cível de Umarizal
Rua Amabília Dias, 38, Centro, Umarizal-RN / Fone: 843397-3061
Processo nº: 159.2011.006.208-4
Promovente: JOSE JAILSON SANTANA
Promovido(a): JOSE GILBERTO DIAS

SENTENÇA
Vistos etc.
Dispensado o relatório nos termos do artigo 38, da Lei nº 9.099/95.
A parte autora alega que foi denunciado pelo requerido por crime eleitoral, quando este sabia ser inverídica a imputação e que sofreu verdadeiro dano moral pela conduta deste. Pugna ao final pela condenação do requerido em indenização por danos morais no importe de 40 salários mínimos.
Por sua vez, em sede de contestação, a parte promovida alega, preliminarmente, a inépcia da inicial, a ilegitimidade passiva, a incompetência do juizado especial e a impossibilidade jurídica do pedido, e, no mérito, o exercício regular de um direito e a inexistência de dano moral. Ao final, pugna pela improcedência da demanda e pela procedência de pedido contraposto, para condenar o autor em indenização por danos morais.
Audiência de conciliação infrutífera.
Réplica à contestação (evento 44).
Audiência de instrução e julgamento para a oitiva do depoimento pessoal das partes e de suas testemunhas (evento 79).

Decido.
Inicialmente, cumpre analisar as preliminares arguidas em sede de contestação.
Não merece prosperar a alegação de inépcia da inicial, considerando que os fatos foram devidamente articulados, fundamentados e os pedidos se encontram em conformidade com a legislação processual civil.
Por sua vez, também não merece guarida a incompetência do juizado especial, na medida em que não se faz necessária a produção das provas alegadas, não existindo complexidade a ensejar a incompetência deste juízo.
No que se refere à impossibilidade jurídica do pedido, melhor sorte não assiste ao promovido, considerando que o autor formulou pedido juridicamente possível.
Por fim, alega a parte requerida que a representação ofertada em desfavor do autor foi realizada enquanto delegado de partido, sendo, pois, parte ilegítima para figurar na presente demanda.
Pois bem. Conforme se verifica nos documentos juntados aos autos (evento 01), a representação que ocasionou a instauração de inquérito policial para apurar possível ocorrência de crime eleitoral, em desfavor do autor, foi formalizada pelo Partido da Frente Liberal.
Dessa forma, não há como se atribuir a responsabilidade pelo referido ato ao requerido, na medida em que este apenas representou a manifestação de vontade da pessoa jurídica.
Nesse sentido, possível responsabilização civil tinha que ser postulada perante o partido e não contra a parte requerida, como foi formulada na presente demanda.
Ante o exposto, acolho a preliminar de ilegitimidade passiva ad causam e JULGO EXTINTO o processo, sem resolução de mérito, nos termos do artigo 267, inciso VI, do Código de Processo Civil.
Sem condenação em custas e em honorários advocatícios, nos termos dos artigos 54 e 55, da Lei nº 9.099/95.
Publique-se. Registre-se. Intime-se.
Umarizal, 28 de Agosto de 2014.
(documento assinado digitalmente na forma da Lei nº 11.419/06)
BRENO VALERIO FAUSTO DE MEDEIROS
Juiz(a) de Direito

Pesquisa SETA/Nominuto: Henrique abre vantagem de 15 pontos sobre Robinson

O candidato Henrique Eduardo Alves (PMDB) abre vantagem de 15 pontos percentuais em relação a Robinson Faria (PSD) na corrida pelo governo, aponta a última pesquisa Seta/Nominuto divulgada neste domingo (31) com eleitores de todo o Estado.
A pesquisa Seta ouviu 1.700 eleitores entre os dias 26 e 28 de agosto. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O levantamento encontra-se devidamente registrado no TRE-RN pelo número RN-00017-2014.

Pesquisa SETA/Nominuto aponta empate entre Fátima e Wilma na disputa pelo Senado

A candidata Fátima Bezerra (PT) apresenta pequena vantagem em relação a Wilma de Faria (PSB) na disputa pelo Senado, aponta a pesquisa Seta/Nominuto divulgada neste domingo (31). As duas estão numa situação de empate técnico.
A pesquisa Seta ouviu 1.700 eleitores entre os dias 26 e 28 de agosto. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O levantamento encontra-se devidamente registrado no TRE-RN pelo número RN-00017-2014.


O acordo do falcão com o bacurau é refletido em todas pesquisas divulgadas

O acordão está vivendo uma grande crise, em todas as pesquisas divulgadas nesta semana a candidata ao senado Wilma de Faria tem sido colocada em situação difícil..

Segundo o Ibope, Consult e Instituto Seta a guerreira vai caminhando para a derrota…

Fátima Bezerra emparelhou e passou Wilma, a galera da guerreira  tá fumando uma guenga, todos chateados com Henrique e Garibaldi Alves que estariam fazendo corpo mole..

Um wilmista disse que sempre foi contra o acordão por causa disso, segundo ele, quem se aproxima dos Alves é pra se lascar.. Ele revelou que os Alves lascaram Wanderley Mariz em 1986, João Faustino em 1996, Fátima Bezerra em 2008 e agora vão lascar Wilma..

Fonte: Blo do Primo


Fábio, Felipe e Sandra são os mais citados para Câmara dos Deputados

Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Sandra Rosado (PSB) lideram a corrida por uma vaga na Câmara dos Deputados, aponta a pesquisa Seta/Nominuto divulgada neste domingo (31) com eleitores de todo o Estado. Fábio tem 5,4% das intenções de voto, seguido por Felipe com 3,5% e Sandra com 3,5% das preferências. Rafael Motta (PROS) tem 2,6%; Walter Alves (PMDB) aparece com 1,7%; e Zenaide Maia (PR) com 1,6%. Os demais candidatos citados não chegaram a 1%.
O eleitor se mostra bastante indefinido na eleição de deputado federal. Brancos e nulos somaram 28,1%, e 47,3% não sabem ou não responderam. A pesquisa Seta ouviu 1.700 eleitores entre os dias 26 e 28 de agosto. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O levantamento encontra-se devidamente registrado no TRE-RN pelo número RN-00017-2014.
Para deputado estadual o quadro ainda está aberto, aponta seta
Hermano Morais (PMDB) e Larissa Rosado (PSB) são os mais citados na pesquisa Seta/Nominuto para deputado estadual divulgada neste domingo (31). O parlamentar do PMDB obteve 2,3% das intenções de voto e a pessebista ficou 2,1%. Entre os que pontuaram, Getúlio Rêgo (DEM) registrou 1,9%; Dagô (DEM) 1,4%; George Soares (PR) apareceu com 1,4%; Vivaldo Costa (PROS) 1,4%; Galeno (PSD) 1,3%; Ricardo Motta (PROS) 1,2%; e Agnelo Alves (PDT) 1%.
Os demais não atingiram 1%. Ainda é grande a indefinição para a Assembleia Legislativa. Brancos nulos somaram 26,3%, e não respondeu 45,3%. A pesquisa Seta ouviu 1.700 eleitores entre os dias 26 e 28 de agosto. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O levantamento encontra-se devidamente registrado no TRE-RN pelo número RN-00017-2014.

PT já prevê Marina à frente de Dilma no primeiro turno

Acendeu a luz amarela na campanha de Dilma Rousseff, depois de análises de pesquisas internas. 
O temor é que Marina Silva já possa aparecer em primeiro lugar nos próximos levantamentos, mesmo que seja dentro da margem de erro. 

Na última pesquisa Ibope, Dilma aparece com cinco pontos de vantagem em relação à Marina. No comando petista, já se trabalha de forma realista com o cenário de Marina terminar o primeiro turno à frente de Dilma


Juiz Herval Sampaio lançaou livro nesta sexta


O Juiz Herval Sampaio lançou o livro “Abuso do Poder Político Nas Lições”, durante o I Encontro Mosssoroense de Estudos Jurídicos que aconteceu no Hotel Garbos, na noite desta sexta-feira, 29.

Mais detalhes daqui a pouco. Aguardem

Jornalista da Globo: “Acendeu sinal amarelo na campanha de Henrique Alves”

Ex-editora da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, e atual analista da TV Globo News, a jornalista Renata Lo Prete avaliou, nesta quinta-feira, durante participação no Jornal das Dez, a pesquisa Ibope que mediu a intenção de voto do eleitor potiguar na disputa pelo governo e o Senado nas eleições deste ano. Para ela, em que pese o candidato do PMDB, Henrique Alves, ter alcançado o patamar dos 40%, o resultado da pesquisa “acendeu o sinal amarelo” na campanha do atual presidente da Câmara dos Deputados, uma vez que a principal candidatura adversária, a do vice-governador Robinson Faria (PSD), ultrapassou a casa dos 20%.

De acordo com a analista, o quadro é preocupante para o peemedebista porque Henrique é apoiado por “um número grande de partidos e o segundo colocado, que é o atual vice-governador, que é do PSD, está mostrando um resultado”, ao ultrapassar o patamar superior aos 20% das intenções de voto.

A preocupação, de acordo com a jornalista, se deve ao fato de que a coligação de Henrique está sofrendo algum tipo de desgaste. “No RN com certeza acendeu o sinal amarelo na candidatura do Henrique Alves. Como, as pessoas podem perguntar, se ele está na faixa de 40% das intenções de voto? Por quê? Porque ele está apoiado por um número grande de partidos e o segundo colocado, que é o atual vice-governador, que é do PSD, está mostrando um resultado: já que subiu ao patamar na casa dos 20%. Isso aí preocupa, porque é uma coligação muito grande e é uma coligação que aparentemente está sofrendo algum tipo de desgaste”, avaliou.

A análise de Lo Prete se dá em cima do resultado da pesquisa Ibope, contratada pela Intertv Cabugi e divulgada na noite desta quinta-feira, no telejornal “RN 2ª Edição”. Os números do Ibope mostraram Henrique com 40% das intenções de voto, seguido por Robinson, com 28%, Robério Paulino (PSOL), com 2%, Simone Dutra (PSTU), com 2%, e Araken Farias (PSL), com 1%. 17% dos entrevistados responderam ninguém, branco ou nulo, e 10% não souberam responder. A pesquisa ouviu 812 eleitores.

SENADO
Lo Prete avalia que a candidata ao Senado, Wilma de Faria (PSB), poderia ser beneficiada com o crescimento da campanha da presidenciável Marina Silva (PSB). Mas ressalta a dificuldade do fator Marina, tanto para Wilma, quanto para Henrique. Segundo a jornalista, Wilma está empatada com Fátima Bezerra (PT), mas não se beneficiará do bom momento de Marina, porque está num palanque com Henrique Alves, dentro de uma aliança reprovada pela ex-ministra do Meio Ambiente.

Para Lo Prete, o RN será um dos estados em que Marina não virá fazer campanha, para não se aproximar do palanque do candidato do PMDB. “Interessante mostrar que lá (no RN) a candidata ao Senado nessa coligação é do PSB, a ex-governadora Wilma de Faria. E ela está numa disputa acirrada, praticamente empatada, com a candidata do PT, que é a deputada federal Fátima Bezerra. O que é que isso significa? Que Wilma de Faria poderia se beneficiar de uma campanha de Marina Silva por essa chapa nesse estado. Mas Marina Silva não vai lá. O RN é um daqueles estados em que PSB fechou uma coligação com a qual a Rede não concordava e que, portanto, Marina não deve se aproximar desse palanque”, finalizou.


Marina Silva empata com Dilma e coloca 19 pontos sobre Aécio Neves

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto.
A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%.
Na pesquisa anterior da Detafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.
Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

VEJA O RESULTADO DA PESQUISA:
Dilma Rousseff (PT): 34%
Marina Silva (PSB): 34%
Aécio Neves (PSDB): 15%
Pastor Everaldo (PSC): 2%
José Maria (PSTU): 0% *
Eduardo Jorge (PV): 0% *
Luciana Genro (PSOL): 0% *
Rui Costa Pimenta (PCO): 0% *
Eymael (PSDC): 0% *
Levy Fidelix (PRTB): 0% *
Mauro Iasi (PCB): 0% *
Brancos/nulos/nenhum: 7%
Não sabe: 7%

REJEIÇÃO
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
Dilma Roussef: 35%
Pastor Everaldo: 23%
Aécio Neves: 22%
Zé Maria: 18%
Eymael: 17%
Levy Fidelix: 17%
Rui Costa Pimenta: 16%
Luciana Genro: 15%
Marina Silva: 15%
Eduardo Jorge: 14%
Mauro Iasi: 14%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”. O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.


Rosalba Ciarlini é obrigado a entrar na campanha de Betinho Segundo

Mesmo tentando adotar a tática do distanciamento do processo eleitoral, depois que não reuniu condições de disputar sua própria reeleição, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini (DEM) está diante de um grande dilema.
Terá que arregaçar as mangas para tentar eleger o candidato a deputado federal, Betinho Rosado Segundo, filho de seu cunhado, o deputado federal Betinho Rosado.
Nas pesquisas realizadas até o momento Betinho Segundo aparece atrás da deputada federal Sandra Rosado e da ex-prefeita Fafá Rosado.
Um fracasso de Betinho Rosado contribuiria para desgastar ainda mais a já rejeitada imagem da governadora.

Alerta geral, isso pode estar acontecendo com você: Cosern erra recolhimento do ICMS e cobra ‘prejuízo’ de cinco anos aos consumidores

Os consumidores devem ficar atentos com relação à conta de energia que está sendo entregue pela Cosern (Companhia Energética do Rio Grande do Norte). Segundo informações apuradas pelo O Jornal de Hoje, a Cosern está cobrando dos clientes as diferenças acumuladas das alíquotas de ICMS – Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, que não foram pagas nos últimos cinco anos. A cobrança inusitada desse tributo sobre o consumo energético individualizado é justificada pelo fato de que a Companhia teria debitado nesse tempo um percentual menor nas contas dos seus clientes.
Segundo informações da Secretaria Estadual de Tributação (SET), a Cosern já prestou contas de aproximadamente R$ 4,5 milhões – valor total que estava em falta nos registros da secretaria. Para corrigir o erro no recolhimento do ICMS nesses cinco anos, a empresa transferiu o ‘prejuízo’ aos consumidores. Agora, inúmeros clientes estão sendo responsabilizados pelo erro cometido pela Cosern.
Uma das pessoas prejudicadas com a medida adotada pela Companhia é o empresário Bruno Giovanni. Ele conta que na semana passada foi surpreendido com um boleto da Cosern apresentando uma dívida no valor de R$ 4.984,00, relativa à diferença de tributos não cobrados do ano de 2010 até hoje.
“Não sabia dessa diferença de tributos. Nunca fui informado. Se houve um erro da Cosern, a culpa não é minha. A conta de energia da minha empresa é paga religiosamente em dia, sempre foi assim. Mas não vou aceitar esse absurdo. Não pagarei esse boleto e já contratei um advogado para resolver isso”, afirmou.
O advogado Sebastião Leite, que está à frente do processo de Bruno Giovanni, disse que essa não é a primeira que vez que o problema acontece, prejudicando os consumidores. “Tenho diversos processos antigos, parecidos com esse, com liminares e decisão de mérito concedidas a nosso favor. Temos procedentes de que essa atitude da Cosern foi tomada, novamente, de forma ilegal”, afirmou. Segundo a defesa do cliente, nesta nova situação já são 23 processos de empresas abertos contra a Companhia.
“Além de estar fazendo uma cobrança ilegal, a Cosern está ferindo diversas diretrizes do Código de Defesa do Consumidor e da Constituição Federal. A Companhia não explicou como nem por quê isso aconteceu, não deu oportunidade do cliente conhecer o assunto e ainda está ameaçando cortar a energia de quem não pagar essa cobrança”, afirmou Sebastião Leite.
O Secretário de Tributação do RN, José Airton, disse a O Jornal de Hoje que o órgão governamental não cabe discutir esse problema. Segundo Airton, a SET identificou que a Cosern não pagou devidamente o ICMS relativo aos últimos cinco anos e o Estado, como de praxe, efetuou a cobrança imediata do recurso.
“A Companhia se prontificou a pagar essa dívida e assim a fez. Entretanto, a maneira pela qual a Cosern efetuou esse repasse não nos cabe comentar. O que nos interessa é que o imposto seja devidamente pago. Essa questão deles terem passado a dívida de quase R$ 4,5 milhões para os consumidores é algo que deve ser discutido entre a empresa e os clientes”, afirmou.
A reportagem do Jornal de Hoje procurou a Cosern no início da manhã de hoje para questionar sobre a situação, mas até o fechamento desta edição a assessoria da empresa não deu nenhuma nota retorno.
Procon: “Cobrança indevida deve ser restituída em dobro”
O Código de Defesa do Consumidor proíbe ao comerciante e/ou prestador de serviço a transferência de suas responsabilidades a terceiros. Neste caso, a obrigação de recolher o ICMS em dia e no valor correto, repassando os tributos ao Estado, é única e exclusivamente da Cosern. Segundo Ney Lopes Júnior, coordenador geral do Procon-RN, os consumidores que estão recebendo a carta de cobrança da Cosern têm direito à indenização.
“Normalmente esses direitos são concedidos por vias judiciais. Entretanto, conforme diretrizes do Código de Defesa do Consumidor, toda cobrança indevida deve ser restituída em dobro. Cabe ao consumidor aceitar ou não caso a empresa queira negociar esse valor”, explicou.
Ney Lopes Júnior afirmou que o Procon-RN já está à frente do processo denunciado por diversos consumidores, acompanhando diariamente o tramite do processo junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ao Tribunal de Contas da União (TCU).
“Minha orientação é que as pessoas procurem primeiramente o Procon, tendo em vista que ela terá seu direito reservado. Quando as indenizações começarem a ser pagas, o processo poderá ficar tumultuado, tornando o sistema mais lento. Tendo em mão a documentação de um órgão fiscalizador oficial, será mais fácil de garantir seus direitos”, disse.
Fonte: Jornal de Hoje

Debate deixa ruídos entre Robinson e Henrique

O debate de ruídos da Band Natal, mediado pelo jornalista Diógenes Dantas, vai deixar ruídos entre os candidatos Robinson Faria (PSD) e Henrique Alves (PMDB), que até então vinham mantendo o respeito.
Parece que o resultado do IBOPE fez Robinson partir para o ataque.
“Candidato do acordão, candidato de sete ex-governadores, prometeu e não fez, aliado de Rosalba, oportunista…”. Foi mais ou menos isso que Robinson disse com Henrique.
Já Henrique tratou Robinson o tempo todo como “O Vice de Rosalba”. Coisa que Robinson não tem como rebater. Afinal, passou os três últimos anos recebendo até o salário do cargo, sem trabalhar, somente criticando o Governo – que num passado recente – tentou ter novamente como aliado.
Depois, Robinson disse que Alves só vota em Alves: “Os Alves tem o projeto de Henrique, de Walter Alves e de Carlos Eduardo Alves. Os três querem ser governador em um intervalo de 12 anos”.
Foi aí que Henrique lembrou: “Robinson votou em Garibaldi e Agripino para o Senado, hoje criticados pelo “Vice de Rosalba”. Sem falar que em 2012, Robinson esteve no palanque de Carlos Eduardo Alves, enquanto eu estava apoiando o candidato do meu partido, o deputado Hermano Morais”.
Bom foi bem por aí…
Nesse intervalo de tempo bem que se poderia estar discutindo os problemas do Rio Grande do Norte.

Como pode? Rejeição dos candidatos a governador do RN chega a 123%, segundo IBOPE

A rejeição apresentada pelo candidato a governador, Arakem Faria é assustadora.. Ele nunca exerceu um mandato, como pode ter contraído um índice tão elevado?

Depois não entendi como é conferido a rejeição dos candidatos, se somar a rejeição de Henrique Alves, Arakém, Robinson, Simone e Paulino, chegaremos ao índice de 123%..

Foi um erro ou a rejeição dos candidatos é maior que a população do RN?

Não conheço a metodologia, confira os números:
REJEIÇÃO:
- Henrique Eduardo Alves: 29%
- Araken Farias: 28%
- Robinson Faria: 26%
- Simone Dutra: 22%
- Professor Robério Paulino: 18%
- Poderia votar em todos: 18%
- Não sabe ou não respondeu: 17%

Fonte: Blog do Primo


Ibope/Tribuna do Norte: Henrique vence Robinson com 12%


Segundo pesquisa Ibope/Tribuna do Norte, o candidato do PMDB ao governo, Henrique Alves, lidera a disputa.
Henrique (PMDB) 40%, 
Robinson Faria (PSD) 28%, 
Robério Paulino (PSOL) 2%, 
Simone Dutra (PSTU) 2%,
Araken Farias (PSL) 1%.

Rejeição
O Ibope também pesquisou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum para governo do estado. Confira abaixo:

- Henrique Eduardo Alves: 29%
- Araken Farias: 28%
- Robinson Faria: 26%
- Simone Dutra: 22%
- Professor Robério Paulino: 18%
- Poderia votar em todos: 18%
- Não sabe ou não respondeu: 17%


17% dos entrevistados responderam que não votam em ninguém, branco ou nulo,e 10% não souberam responder. A pesquisa ouviu 812 eleitores entre os dias 25 e 28 de agosto, sendo registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo 0016/2014. A margem de erro é de quatro pontos percentuais.

Veja os números da pesquisa Ibope/Tribuna do Norte para o Senado Federal:

Wilma de Faria (PSB)35%, 
Fátima Bezerra (PT) 34%, 
Ana Célia (PSTU) 2%, 
Roberto Ronconi (PSL) 2%
Professor Lailson (PSOL) 1%.

A pesquisa Ibope/InterTV Cabugi mostrou os números da avaliação do Governo Rosalba Ciarlini:

- Ótimo: 2%
- Bom: 4%
- Regular: 22%
- Ruim: 14%
- Péssimo: 55%
- Não sabe/não respondeu: 3%

Números da pesquisa Ibope/InterTV Cabugi para Presidente da República no Rio Grande do Norte;

Dilma (PT) – 46% das intenções de voto
Marina Silva (PSB) – 26%
Aécio Neves (PSDB) – 9%
Pastor Everaldo (PSC) – 1%
Outros com menos de 1% – 1%
Brancos e nulos – 12%
Não sabe ou não respondeu – 6%

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número 00016/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00441/2014.
A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 27 de agosto. Foram entrevistados 812 eleitores em 40 municípios do estado.




Arenas construídas para a Copa do Mundo têm dificuldades para manter espaços movimentados

Desde que o Brasil conquistou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2014, surgiu a preocupação em diferentes setores da sociedade sobre qual seria a destinação das caríssimas arenas, construídas em “padrão Fifa”, financiadas pelo dinheiro público. Passados mais de um mês do fim do mundial de futebol, algumas arenas tem penado para conseguir uma programação que as mantenha financeiramente.

Em Natal, o concessionário da Arena das Dunas tem feito valer o nome de “arena multiuso”. Já foram realizados eventos corporativos na estrutura interna do estádio, alguns festivais de música na praça de eventos e o futebol também tem se destacado.

Se considerarmos apenas os jogos nacionais, a partida com recorde de público foi ABC e Vasco pela Série B do campeonato brasileiro no dia nove deste mês 27.044 pessoas. A renda do jogo foi de R$ 749.285. A partida também ficou registrada como o maior público da edição da Série B deste ano até o momento. A capacidade da Arena das Dunas é de 31.375 pessoas.

No entanto, a média de público dos jogos dos principais times da capital não chega a dez mil pessoas por jogo. Vários fatores influenciam a média baixa do público, como o preço do ingresso, a insegurança nos estádios e seu entorno e também a possibilidade de o torcedor ver o jogo do seu time na comodidade do seu lar. A baixa média de público se reflete em todas as partidas do campeonato da Série B pelo país. Mas não é exclusivo deste campeonato.

Para os próximos meses do ano, a Arena das Dunas já tem assegurados os eventos: Arena Pop (com a presença das bandas O Rappa, Raimundos e Pollo) a ser realizado no dia cinco do próximo mês, o evento é uma franquia nacional; O Carnatal retornará a seu tradicional de realização, agora utilizando a estrutura da praça de eventos da Arena; A Multifeira Brasil Mostra Brasil também tem fortes chances de ser organizada no bairro de Lagoa Nova, uma vez que a capacidade do Centro de Convenções não comporta mais o público do evento; o Festival Música Alimento da Alma (Mada) também locará a praça de eventos.

Em Cuiabá e Manaus a situação tem sido a mais crítica do país, uma vez que esses Estados não possuem times fortes envolvidos em campeonatos. Na Arena da Amazônia, há três meses não partida de futebol alguma desde o último jogo na primeira fase da Copa do Mundo. O próximo jogo é Vasco e Oeste no dia 16 de setembro. O Estádio Nacional Mané Garrincha tem passado pela mesma dificuldade. O estádio da capital federal já serviu até de altar para casamento 


Robério Paulino desconfia de pesquisas e pede para que seu nome seja retirado de todas

O candidato Robério Paulino (PSOL) foi o responsável por esquentar o debate da Band.
Por não acreditar nas pesquisas, disse que não autorizava mais que seu nome fosse incluído nas consultas.
Criticou instituto que só erra, disse que está sendo ameaçado de processo, e falou que só quer que seu nome figure em pesquisa que ele possa fiscalizar.

“Quem paga?” “Não basta registrar no TRE”. Questionouzz

Ministério Público denuncia juiz por suposta venda de liminares

O Ministério Público do Rio Grande do Norte protocolou,  perante o Tribunal de Justiça, denúncia contra o juiz José Dantas de Lira, da 1ª Vara Cível da comarca de Ceará-Mirim, e outros oito acusados, com imputações da prática de crimes de corrupção passiva (artigo 317, §1º, do Código Penal), corrupção ativa (art. 333, parágrafo único, do Código Penal) e associação criminosa (art. 288 do Código Penal).
A denúncia teve por base o Inquérito Judicial n° 2014.05031-5, instaurado a partir de provocação do Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, bem como os elementos probatórios obtidos a partir da busca e apreensão realizada no dia 29 de julho de 2014, em cumprimento a mandados expedidos pelo Tribunal de Justiça, além de depoimentos prestados por alguns dos envolvidos, em sede de colaboração premiada.
Segundo a acusação do Ministério Público, o magistrado denunciado recebeu vantagem ilícita para o deferimento de decisões liminares em ações ajuizadas por servidores públicos estaduais com o objetivo de afastar, judicialmente, limite legal existente para contração de empréstimos consignados.
Além do magistrado, ainda segundo a peça acusatória, participavam da associação criminosa advogados, corretores de empréstimo e servidor do Poder Judiciário.
Ao final da denúncia, requer o Ministério Público Estadual a condenação de todos os demandados nas penas dos crimes acima referidos, a suspensão do exercício da advocacia em relação a três dos denunciados, bem como o levantamento integral do sigilo quanto a todo o conteúdo da petição acusatória, na qual constam evidências probatórias utilizadas para o embasamento da pretensão.
O MPRN esclarece ainda que o inquérito judicial referido prosseguirá para apuração de outros supostos delitos evidenciados a partir da análise dos documentos apreendidos durante a operação Sem Limites.
Fonte: MPRN

PT e PSDB não sabem o que fazer

Os comandos das campanhas de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) ainda não sabem o que fazer para conter a adversária – agora favorita – Marina Silva (PV). Se bater, corre-se o risco de transformá-la em vítima; se puxar para o debate como uma política igual a qualquer outra, pode-se reforçar a tese da mudança, que só Marina tem esse perfil. Isso mostra como os ventos eleitorais estão embalando a REDE de Marina.

Proposta orçamentária prevê salário mínimo de R$ 788,06 para 2015

A partir de 1º de janeiro de 2015, o salário mínimo deve ser R$ 788,06, segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2015. Um reajuste de 8,8%. O anúncio foi feito hoje (28) pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, depois de entregar a proposta ao presidente o Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL). A ministra antecipou que o texto prioriza investimentos em saúde, educação combate à pobreza e infraestrutura.
A peça orçamentária traz uma mensagem da presidenta Dilma Rousseff com um diagnóstico sobre a situação econômica do país e suas perspectivas. Pela Constituição, o prazo de entrega do projeto pelo Executivo termina no dia 31 de agosto. Mas, com a expectativa de conclusão da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as metas e prioridades da administração pública federal, só na semana que vem, durante o esforço concentrado, o governo se antecipou. A LDO deveria orientar a elaboração da peça orçamentária.

Pesquisa Consult registrou queda de Henrique Alves em relação às sondagens anteriores e liderança no quesito rejeição.

As eleições não estão empolgando o eleitor no Rio Grande do Norte. Fato! A recente pesquisa Consult deixa isso muito claro. A quase um mês para as eleições, 20,35% dos eleitores não votariam em nenhuma das alternativas e 17,18% ainda não sabem em quem votar.

Em compensação o eleitor potiguar já deixou claro que, apesar de toda a musculatura do palanque do PMDB, com sete ex-governadores e a maioria dos prefeitos do interior, o candidato do chamado acordão não teve seu discurso de salvação do RN assimilado.

Se compararmos as três últimas pesquisas da Consult, por exemplo, vemos que Henrique Alves, além de não crescer, aparece em viés de queda, que é o terror para qualquer candidato.

Comparem os dados: em 16 de junho de 2014, Henrique tinha 38,24%. Em 30 de julho de 2014, numa segunda pesquisa Consult, Henrique aparece com 37,06%. Até aquele momento, ainda sem a visibilidade do horário eleitoral, a estagnação de Henrique poderia ser encarada como natural.

O problema é que nesta última pesquisa Consult, após a veiculação dos programas eleitorais, onde é recordista de tempo e amparado por uma super produção midiática, o candidato ao governo do RN, Henrique Alves caiu para 35.12%.

Seu principal adversário, Robinson Faria saiu de 22,78% na primeira pesquisa para 25,29% nesta última edição da Consult, apresentando um viés de alta.

Além disso, Alves lidera no quesito rejeição com 13,6% enquanto Faria é rejeitado por 9,9%, fato que sinaliza negativamente para a postulação do líder do PMDB.

É, parece que a resposta do eleitor é muito clara. Ele não está acreditando na salvação do Rio Grande do Norte pelos mesmos que governaram o nosso estado nas últimas décadas. Fadiga de material ou uma avaliação mais criteriosa por parte do cidadão? Até 5 de outubro saberemos a resposta.

O instituto Consult foi as ruas entre 23 a 25 de agosto, entrevistou 1700 eleitores em todo o RN. A pesquisa foi registrada com o número BR 00439/2014, tem margem de erro de 2.2%, com confiabilidade de 95.



 
Copyright © 2010-2013 Blog do Gilberto Dias | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento » RONNYdesing | ronnykliver@live.com - (84)9666-7179